BRASÍLIA

FUTEBOL

Clubes de futebol buscam apoio do GDF para Candangão 2022

No encontro com representantes dos clubes brasilienses, o governador Ibaneis Rocha garantiu apoio ao futebol local e colocou a Secretaria de Esportes e o BRB à disposição para ajudar na realização do Candangão 2022 | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha recebeu diretores e representantes de clubes do Distrito Federal, no Palácio do Buriti, nesta quarta-feira (13), para conversarem sobre o Campeonato Brasiliense de Futebol de 2022, popularmente conhecido como Candangão. O encontro serviu para alinhar questões como a profissionalização da modalidade local, possibilidades de patrocínio e uma possível parceria entre os clubes brasilienses e governo.

“Espero que possamos avançar para que o Candangão tenha uma boa edição e, assim, resgatarmos o futebol do DF. Contem com o nosso apoio dentro do que for possível”Governador Ibaneis Rocha

Ibaneis Rocha declarou que o Governo do Distrito Federal (GDF) está ao lado do “futebol brasiliense” e vai ajudar no que for possível. Para isto,  colocou a Secretaria de Esporte e o Banco de Brasília (BRB) à disposição das equipes para construir uma boa edição para o próximo ano.

“Espero que possamos avançar para que o Candangão tenha uma boa edição e, assim, resgatarmos o futebol do DF. Contem com o nosso apoio dentro do que for possível”, declarou o governador Ibaneis Rocha.

Leia Também:  Unidade Socioeducativa do Paranoá tem novo espaço para atender adolescentes

Presidente do BRB, Paulo Henrique Costa reforçou que o banco já é o principal apoiador do esporte no DF e sinalizou com o mesmo apoio em 2022. “Vamos sentar com a federação para desenhar o campeonato do ano que vem. Esperamos estimular o vínculo dos cidadãos com os times daqui, apoiar a profissionalização e avanço dos times locais e reforçar a imagem do futebol brasiliense”, afirma.

“Queremos trazer o incentivo à prática do esporte aqui no DF, desde a base até o profissional”Giselle Ferreira, secretária de Esportes

Já a secretária de Esporte, Giselle Ferreira, disse que, a partir das ações discutidas, o governo também trabalha pelo profissionalismo do esporte. “Queremos trazer o incentivo à prática do esporte aqui no DF, desde a base até o profissional”.

Quem também saiu da reunião otimista foi o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos. “Se quisermos esse crescimento que falamos hoje, precisamos nos profissionalizar. O governo tem nos apoiado. Eles viram, da nossa parte, uma iniciativa de mudança e resgate do futebol do DF. Temos muito o que melhorar ainda, mas estamos trabalhado para isso. Fomos bem aceitos e agradecemos ao governador Ibaneis Rocha pelo apoio que tem dado para o nosso futebol”, disse.

Leia Também:  Campeões de desrespeito aos protocolos da covid-19

O encontro contou com a presença do vice-governador Paco Britto; dos secretários Giselle Ferreira (Esporte), André Clemente (Economia) e Vanessa Mendonça (Turismo); da deputada federal Celina Leão; do presidente da Câmara Legislativa, Rafael Prudente; do presidente do Banco de Brasília, Paulo Henrique Costa, e de representantes dos times do Gama, Brasiliense, Ceilândia, Capital, Taguatinga, Luziânia e Santa Maria.

Galeria de Fotos

Clubes de futebol buscam apoio do GDF para realizar o Candangão 2022

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

FUTEBOL

Paranoá vence o Brasília e leva título da Segunda Divisão

Publicados

em

Por

O Paranoá levou a melhor sobre o Brasília na disputa de pênaltis e conquistou o título de campeão da divisão de acesso, também conhecida como Segundinha. A partida foi disputada, na manhã deste sábado (23), no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Mesmo com o resultado do jogo de 4 a 3 para o Paranoá Esporte Clube, a primeira divisão contará com os dois times em 2022.

A taça da Segunda Divisão do Campeonato Candango 2021 foi entregue aos atletas do clube vitorioso pelo vice-governador Paco Britto, que acompanhou de perto a partida. “Sou um amante do futebol, como a grande maioria dos brasileiros. E o que este governo quer é que o futebol no Distrito Federal seja exemplo de transformação, que seja valorizado tanto no âmbito amador, quanto profissional”, destacou Paco. “Foi um belo show”, completou.

Vice-governador acompanhou o jogo de perto e entregou a taça ao Paranoá. Foto: Jaqueline Husni/Agência Brasília

Enquanto os jogadores do Paranoá comemoravam o título no campo, o técnico do clube, Klésio Borges, adiantou a perspectiva para a primeira divisão: “Agora, é trabalhar para permanecer [na elite do futebol candango]”, obnservou. “Tudo no Paranoá é feito com muito planejamento e assim vai continuar. Não foi uma campanha aleatória, um elenco montado de forma aleatória. Foi tudo planejado. Por isso chegamos até aqui, planejando classificar. E vamos para o novo planejamento, que é o de não descer mais”, frisou.

Leia Também:  Maior salário nas agências do trabalhador é de R$ 3,7 mil

No primeiro tempo, o Brasília Futebol Clube chegou com perigo, e facilidade, ao gol adversário. Foram pelo menos dez finalizações. Apenas uma delas chegou ao fundo das redes, mas o gol acabou anulado.

O Brasília começou a cobrança de penâltis com Romarinho, que  marcou o primeiro. Bochecha empatou para o Paranoá. O Brasília desperdiçou outras três cobranças e sacramentou o título do adversário.

O Paranoá é a primeira equipe tricampeã na Segundinha (2004, 2019 e 2021). Oito vezes campeão da divisão principal do DF, o Brasília tem dois títulos na segunda divisão (2001 e 2008).

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.