BRASÍLIA

GDF

Cuidados ao dirigir no período de chuvas

Asfalto molhado, baixa visibilidade e excesso de velocidade aumentam os riscos de acidentes

Jaqueline Costa

(Brasília – 13/10/2021) – No período de chuvas os motoristas devem redobrar a atenção ao dirigirem pelas vias do Distrito Federal. A combinação de asfalto molhado, a baixa visibilidade e as poças d’água aumentam o risco de acidentes de trânsito. Segundo as orientações do Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), o condutor deve observar alguns cuidados, como reduzir a velocidade, aumentar a distância do veículo da frente e usar o ar-condicionado, ou abrir um pouco os vidros, para melhorar a visibilidade.

O Detran-DF ainda alerta que ao atravessar poças, o motorista deve manter a aceleração contínua em primeira marcha. E no caso de locais muito alagados, é recomendado deixar o nível da água baixar. Também é importante usar o farol baixo, que torna o veículo mais visível, e é imprescindível o uso da seta para indicar a mudança de direção.

Semáforos intermitentes

No período de chuvas os equipamentos semafóricos podem sofrer algum tipo de pane no funcionamento, isso ocorre principalmente quando há queda de energia. O Detran-DF monitora os equipamentos, mas também orienta a população a informar ao Órgão os semáforos que apresentam problemas. Para isso, basta ligar para o telefone 154.

Leia Também:  Administração do Plano Piloto e Detran/DF se reúnem para alinhar demandas da RA-PP

Dicas: 

  • Faça revisão dos pneus, freios, limpadores e faróis do veículo;
  • Mantenha os pneus calibrados e evite frear quando cair em um buraco para diminuir o efeito do impacto;
  • Para ter melhor visibilidade use o ar-condicionado e o desembaçador elétrico traseiro ou abra um pouco os vidros para deixar o ar circular pelo carro;
  • Reduza a velocidade e mantenha maior distância do veículo da frente;
  • Se houver pouca visibilidade em função de chuva ou neblina, pare e espere as condições do tempo melhorarem, caso possa fazer isso com segurança;
  • Evite freadas ou mudanças bruscas, pois o acúmulo de água na pista pode provocar a aquaplanagem, quando os pneus perdem o contato com o asfalto;
  • Utilize sempre a luz de seta para indicar mudança de direção;
  • Em caso de enchente, abandone o veículo assim que o nível de água atingir o batente do carro, pois pode começar a boiar.

Detran-DF

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

GDF

Liberados mais R$ 2,3 milhões do Pdaf

Publicados

em

Por

Mais R$ 2.338.000,00 do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf) foram liberados nesta terça-feira (26). O programa já destinou, neste ano, R$ 215.003.103,51 para melhorias nas unidades da rede pública de ensino.

As regionais contempladas nas cinco portarias publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal foram Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga | Foto: Álvaro Henrique/SEEDF

A verba vai direto para as escolas e as regionais, que têm autonomia para utilizá-la, conforme a necessidade. Com isso, é possível realizar de forma mais ágil a compra de materiais e de serviços, bem como melhorias na infraestrutura, de uma maneira geral.

Os recursos possibilitam a gestão da escola, que sejam revitalizados os espaços, melhorando assim a qualidade de ensino para estudantes, professores e todos os servidoresMaria Elizabete Ferreira, coordenadora da Regional de Ensino de Samambaia

Os recursos são divididos entre custeio e capital. O primeiro é para reparos, como consertos em banheiros, pisos, telhados e quadras, enquanto despesas de capital são para a compra de materiais permanentes, que passam a fazer parte do patrimônio da escola, como aparelhos de televisão, computadores e impressoras.

As regionais contempladas nas cinco portarias publicadas no Diário Oficial do Distrito Federal foram Ceilândia, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Plano Piloto, Recanto das Emas, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga. Os recursos são de emendas parlamentares.

Veja quanto foi destinado a cada uma:

Regional de Ensino Portaria Capital Custeio Total
Ceilândia 576 R$ 140.000,00 0,00 R$ 140.000,00
Ceilândia 580 0,00 R$ 360.000,00 R$ 360.000,00
Gama 576 0,00 R$ 140.000,00 R$ 140.000,00
Guará 580 0,00 R$ 70.000,00 R$ 70.000,00
Núcleo Bandeirante 576 R$ 25.000,00 0,00 R$ 25.000,00
Núcleo Bandeirante 577 0,00 R$ 52.000,00 R$ 52.000,00
Paranoá 576 R$ 33.000,00 0,00 R$ 33.000,00
Planaltina 576 R$ 40.000,00 0,00 R$ 40.000,00
Plano Piloto 576 R$ 60.000,00 0,00 R$ 60.000,00
Plano Piloto 577 0,00 R$ 52.000,00 R$ 52.000,00
Recanto das Emas 576 R$ 130.000,00 R$ 120.000,00 R$ 250.000,00
Recanto das Emas 578 0,00 R$ 15.000,00 R$ 15.000,00
Samambaia 577 0,00 R$ 104.000,00 R$ 104.000,00
Samambaia 578 0,00 R$ 160.000,00 R$ 160.000,00
Samambaia 579 0,00 R$ 250.000,00 R$ 250.000,00
Santa Maria 576 R$ 30.000,00 0,00 R$ 30.000,00
Santa Maria 577 0,00 R$ 52.000,00 R$ 52.000,00
Santa Maria 580 0,00 R$ 30.000,00 R$ 30.000,00
São Sebastião 576 R$ 85.000,00 0,00 R$ 85.000,00
Sobradinho 580 0,00 R$ 40.000,00 R$ 40.000,00
Taguatinga 576 R$ 110.000,00 0,00 R$ 110.000,00
Taguatinga 578 0,00 R$ 240.000,00 R$ 240.000,00
Total R$ 653.000,00 R$ 1.685.000,00 R$ 2.338.000,00
Leia Também:  Administração do Plano Piloto e Detran/DF se reúnem para alinhar demandas da RA-PP

Regional de Samambaia

A coordenadora regional de ensino de Samambaia, Maria Elizabete Ferreira, adianta que o dinheiro liberado nesta terça-feira irá para oito unidades escolares. “Os recursos possibilitam a gestão da escola, que sejam revitalizados os espaços, melhorando assim a qualidade de ensino para estudantes, professores e todos os servidores”, comemora.

Para ela, a autonomia da comunidade escolar e a agilidade são fatores que tornam o Pdaf ainda mais importante no contexto educacional. “Quando a escola recebe o recurso tem que chamar o conselho escolar para decidirem juntos sobre a aplicação mais eficiente, que trará mais benefícios para todos que circulam pelo ambiente escolar”, esclarece.

Em Samambaia, as portarias publicadas nesta terça-feira vão beneficiar as seguintes unidades: Caic Ayrton Senna; Escola Classe (EC) 410; Centro de Ensino Fundamental (CEF) 120; CEF 507; CEF 411; Centro Educacional (CED) 619; e Centro de Ensino Médio (CEM) 304.

Cartão Pdaf

O Cartão Pdaf foi lançado pelo Governo do Distrito Federal (GDF) em agosto, para viabilizar uma plataforma que irá tornar a execução de serviços nas escolas mais ágil e a prestação de contas mais simples e transparente.

Leia Também:  Caesb vai substituir ramais de água em todo o DF

As escolas e regionais de ensino terão acesso a um cartão para administrar os recursos recebidos pelo Pdaf. Ele vai permitir que os valores sejam utilizados de maneira mais desburocratizada, pois as unidades escolares poderão contratar diretamente serviços e reparos junto a fornecedores credenciados pelo governo, tendo acesso previamente aos preços cobrados por eles.

O cartão irá funcionar por meio de parceria entre as secretarias de Educação e de Economia com o Banco de Brasília e o Sebrae-DF.

Veja as portarias

*Com informações da Secretaria de Educação

Agência Brasília

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.