BRASÍLIA

GDF

Daniel Donizet: Castra Móvel de volta às ruas do DF.

Publicados

em

Ele voltou! 🙏 Como eu já havia adiantado em dezembro, 2021 já começa com essa excelente notícia. Com recursos que destinei, o @brasilia_ambiental colocou o Castra Móvel de volta às ruas do DF. Desta vez, em Planaltina, no Parque Ecológico Sucupira. A unidade móvel deve ficar na região nos próximos três meses com a expectativa de castrar 1800 animais.
Além de castrar os cães e gatos, a equipe do Castra Móvel também vai vermifugar e vacinar os pets cadastrados, tudo de forma gratuita.
⚠️ ATENÇÃO! Neste primeiro momento, SOMENTE moradores do núcleo Rural da Estação Ecológica Águas Emendadas podem fazer o cadastro. As equipes já estão no local, de casa em casa, fazendo as inscrições presencialmente. Esse processo deve durar até o dia 11 de janeiro. NÃO haverá cadastro diretamente na unidade do Castra Móvel, por enquanto.
➡️ MORADORES DE PLANALTINA EM GERAL poderão fazer a inscrição num segundo momento. O atendimento será feito por etapas. Na semana que vem, o IBRAM deve divulgar o cronograma com as datas para cadastramento do público em geral de Planaltina e os detalhes de como será feito.
➡️ MORADORES DE OUTRAS REGIÕES devem aguardar! Ainda não há previsão de quando o Castra Móvel atenderá outras cidades. Assim que tivermos novidades, postarei aqui nas minhas redes.
CASTRAÇÃO É A SOLUÇÃO! Castrar nossos animais significa salvar milhares de cães e gatos da fome, do abandono e dos maus-tratos.
#QuemAmaCuidaDosAnimais 🐶❤🐱 Então👍🏻 CURTA ESTE POST E ➡️ MARCA O AMIGO de Planaltina e região que está precisando castrar o pet.
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ibaneis: lei de eleição para administradores é “risco à sociedade”
Propaganda

GDF

CLDF convoca secretário de Saúde para esclarecer vacinação em Brasília

Publicados

em

A Comissão da Vacinação da Casa divulgou nesta segunda-feira o plano de trabalho para fiscalizar a aplicação do imunizante no DF

Comissão de Vacinação Covid-19

REPRODUÇÃO/CLDF

Comissão Especial de Vacinação da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) divulgou nesta segunda-feira (18/1) o plano de trabalho para fiscalizar a imunização contra o novo coronavírus em Brasília. Preocupados com a logística, datas e andamento de todo o processo, os parlamentares vão fazer uma série de ações dentro de suas competências a fim de informar e ajudar a população.

O plano foi apresentado pelos integrantes da comissão, os deputados Fábio Felix (presidente), Jorge Vianna (vice), Rodrigo Delmasso (relator) e os distritais João Cardoso (Avante) e Iolando Almeida (PSC). Conforme anunciou o GDF, a vacinação na capital começa nesta terça-feira (19/1), às 10h.

“Serão realizadas audiências públicas e diligências fiscalizatórias externas, para que contribua para o aperfeiçoamento do plano de vacinação contra o novo coronavírus e garanta a sua execução, da forma mais ágil possível”, afirmou o presidente da comissão, deputado Fábio Félix.

Leia Também:  Em 2020, órgãos do GDF sofreram 1,9 mil ataques cibernéticos por dia

“Conforme coletiva realizada, a vacinação vai se dar nos hospitais públicos. A segunda vacinação vem em 14 dias. O próximo passo, ainda dentro dessas 100 mil doses é vacinar os profissionais nas unidades de saúde privadas. Só que não tem doses suficientes. Isso será parte dos questionamentos realizados ao secretário de Saúde nesta terça-feira (18/1). Vamos questionar tudo o que houver de dúvida. Eles precisam apresentar como serão as prioridades, pois não tem vacina suficiente nessa primeira leva”, afirmou o presidente da comissão, Fábio Félix.

Audiências públicas e oitivas

As audiências e oitivas serão realizadas com a participação da sociedade civil e oitivas de autoridades responsáveis pelo Plano de Vacinação contra a Covid-19 no DF. As audiências têm a finalidade de informar a população sobre a eficácia da vacinação contra a covid-19, colaborar para o aperfeiçoamento do Plano de Vacinação elaborado pela Secretaria de Saúde do DF, e divulgar as informações a ele pertinentes.

A primeira será com o secretário de Saúde. Na quarta-feira (20/1), às 18h, ocorre audiência pública da Comissão de Educação Saúde e Cultura (CESC) com Maurício Zuma, presidente do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz, BioManguinhos.

O BioManguinhos, vinculado à Fiocruz, será responsável pela produção da vacina da Universidade de Oxford/AstraZeneca no Brasil. O objetivo da audiência é inquirir sobre a capacidade de produção e eventuais possibilidades de oferecimento da vacina à população do DF.

Há a previsão de audiências com autoridades do Governo do Distrito Federal, responsáveis por pesquisas científicas na área de imunização, pela operacionalização da campanha de vacinação e pelo orçamento destinado a essas políticas.

Leia Também:  Com seu crescimento Planaltina é uma cidade que precisa se desenvolver
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA IBANEIS

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA