DF é condenado a indenizar aluna que sofreu queimaduras, após explosão, durante feira de ciências na escola

O governo do Distrito Federal foi condenado a indenizar uma aluna, de 14 anos, que sofreu queimaduras de segundo grau após uma explosão, durante uma feira de ciências, no Centro de Ensino Fundamental 07, em Ceilândia. O caso ocorreu em 2014, e a decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) foi publicada em 20 de abril passado.

Em segunda instância, a 5ª Turma Cível apontou que houve omissão do Executivo ao impedir o uso de elementos químicos inflamáveis nos experimentos. Os magistrados mantiveram a sentença que condenou o GDF a pagar R$ 25 mil por danos morais, R$ 25 mil por danos estéticos e R$ 370,81 por danos materiais à estudante.

A jovem teve ferimentos em diversas partes do corpo. No processo, ela disse ter vivenciado “agonia, dor e sofrimento ao longo dos últimos anos”.

Segundo a defesa, houve negligência e imprudência da escola, que não fiscalizou a entrada de álcool na feira de ciências. O g1 questionou o governo sobre a condenação, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

A defesa da estudante diz ser justo o valor determinado pela Justiça, já que a adolescente “deixou, por vergonha, de viver de forma natural sua adolescência” (confira íntegra da nota abaixo).

Acidente

 

O processo foi ajuizado em 2020, seis anos após o caso. Em depoimento, a aluna contou que acompanhava a apresentação de colegas, durante uma feira de ciências, quando outra estudante colocou álcool e fogo em um dos projetos, o que teria provocado uma forte explosão.

Leia Também:  Agaciel Maia obtém votação em todas as regiões administrativas e mostra ser o deputado do DF

A vítima disse que a professora não havia autorizado o uso do álcool. No entanto, segundo o relato, “professores avaliadores e a diretora da escola sabiam que as alunas estavam com álcool, mesmo com a proibição, e nada fizeram”.

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?