BRASÍLIA

GDF

DIRETOR DA ADASA É O NOVO PRESIDENTE DA ABAR

Publicados

em

Na última quinta-feira (28/04), a Associação Brasileira de Agências de Regulação (ABAR) realizou a primeira Assembleia Geral Ordinária de 2022, ocasião em que estiveram reunidos dirigentes de agências reguladoras federais e infranacionais, para eleger a nova diretoria da entidade.

O evento ocorreu no escritório da ABAR, em Brasília, em formato híbrido, com participações presenciais e online. Além da eleição, foram apresentados durante a reunião relatório de atividades e prestação de contas de 2021 e deliberados os valores da anuidade e pedidos de filiação de diversas agências.

Eleita por uanimidade, a nova diretoria, encabeçada pelo ex-presidente da ABAR (2014/2015) e diretor da ADASA, Vinícius Benevides, assumiu neste 1º de maio. O mandato se estende até 30 de abril de 2024.

Benevides destacou a transparência como um fator diferencial na gestão de Fernando Franco. “Ele nunca foi chefe, sempre foi líder. Um líder natural, que escuta a todos. E eu desejo fazer o mesmo na minha gestão. Vamos trabalhar com as sessenta e sete agências reguladoras como se todas elas fossem parte da diretoria”, afirmou.

Leia Também:  Parceria para cursos de capacitação na Fábrica Social


Vinicius Benevides

No Setor de Infraestrutura há 45 anos – com inúmeros trabalhos publicados sobre energia, recursos hídricos e saneamento – Vinicius Benevides recebeu em 2017, o Prêmio ABAR, o de maior destaque da Regulação do Brasil.

Engenheiro elétrico pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), pós graduado pela COPPE da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com MBA em Planejamento Estratégico pela FGV, acumula especializações nacionais e internacionais, na Alemanha, Estados Unidos e França, e vasta vivência nos setores energético, recursos hídricos e saneamento, tendo trabalhado como Diretor de Operação na Companhia Energética de Brasília; Chefe da Área de Análise de Projetos do Setor Elétrico e Coordenador Geral de Recursos Hídricos no Departamento Nacional de Águas e Energia Elétrica, do Ministério de Minas e Energia; Chefe da Divisão de Coordenação Técnica e Assessor do Presidente na Eletronorte; Assessor Especial da Diretoria Colegiada da ANEEL; Diretor e Presidente da ADASA. Foi também Coordenador na Agência de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano do Distrito Federal, Membro do Conselho Nacional de Defesa Civil e Membro do Conselho de Administração da CODEVASF por cinco anos. Participou da elaboração do Projeto de Lei que deu origem à diversas agências reguladoras, entre elas, ANEEL, ANA e ADASA. É membro do Board de Governadores do Conselho Mundial da Água e Conselheiro Emérito da Rede Internacional de Organismos de Bacias. Representou o Brasil em organismos Internacionais.

Leia Também:  Tudo em família: chefe de gabinete emplacou três filhas dentro da TCB

Hoje é Diretor da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal, (ADASA), onde também já foi Presidente.

Assessoria de Comunicação e Imprensa (ACI)

Fonte: Adasa

COMENTE ABAIXO:

GDF

R$ 59 milhões para reforma e manutenção de escolas em Samambaia

Avatar

Publicados

em

Por

Instalações a serem construídas levarão mais qualidade de vida a toda a comunidade | Foto: Kiko Paz/Novacap

Desse total, R$ 9,6 milhões são para a reconstrução da EC 425, que teve a ordem de serviço assinada nesta quarta; governador anunciou ainda trabalhos em mais duas instituições de ensino

Adriana Izel, da Agência Brasília | Edição: Chico Neto

Em local provisório desde a década de 1990, a Escola Classe 425 de Samambaia será reconstruída pelo Governo do Distrito Federal (GDF). Na manhã desta quarta-feira (25), o governador Ibaneis Rocha assinou a ordem de serviço para o início das obras do equipamento público na QS 425, Área Especial 2. Serão investidos R$ 9,6 milhões. O valor se soma aos R$ 59 milhões aplicados pelo GDF apenas em Samambaia para reforma e manutenção de escolas da rede pública.

“A gente entrega para a população de Samambaia aquilo que ela merece. A educação é prioridade no nosso governo”Governador Ibaneis Rocha

“São R$ 59 milhões investidos aqui na cidade, e agora nós partimos para a reconstrução daquelas escolas mais antigas onde não cabiam mais reformas”, declarou o governador. “Serão três escolas, começando por essa em que estamos aqui hoje”. As instituições citadas são a Escola Classe 410 e a Escola Classe 415, ambas licitadas.

“A gente entrega para a população de Samambaia aquilo que ela merece”, prosseguiu o governador. “A educação é prioridade no nosso governo. Nós não paramos na pandemia. Trabalho o tempo todo, e a Secretaria de Educação é uma pasta que tem investido mais nos ambientes escolares, nos professores e nos gestores.”

Após assinar o documento, o governador participou do início da demolição da escola, que será toda derrubada para a construção da nova estrutura em terreno com área de 8.389,91 m². A escola oferecerá suporte para 1.254 alunos em dois turnos. “Vai seguir o modelo mais moderno que a gente tem de escola hoje”, antecipou a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. “Vai ter tudo: laboratório, quadra coberta, 19 salas para atender a criançada. Vocês vão ver que show vai ficar”.

Leia Também:  Parceria para cursos de capacitação na Fábrica Social

Serão construídas 19 salas de aula, além dos espaços de reforço, de artes, de apoio, dos professores e dos servidores. Também estão no projeto os laboratórios de informática e ciências, auditório, biblioteca, refeitório, secretaria, cozinha com depósito e oito banheiros –quatro para os alunos, dois para servidores e dois administrativos. Completam a estrutura um parquinho, uma área de horta, uma quadra coberta, uma guarita e um estacionamento com 30 vagas.

A reconstrução será feita por meio de um convênio entre a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap). “A Novacap vai fiscalizar e acompanhar toda a execução da obra”, explicou o diretor financeiro e administrativo da companhia, Elie Chidiac. “Será uma nova estrutura que vai se adequar ao século 21. Esse é um prédio que não atende mais a metodologia de ensino”.

Demanda antiga

“É uma vitória imensa para toda a comunidade”.Claudeci Ferreira, administrador de Samambaia

“O governo somou esforços, e esse é um passo para a Escola Classe 425, que atende hoje 600 estudantes”, ressaltou a coordenadora regional de ensino de Samambaia, Paula Tredicci. “A perspectiva é atender mais.”

Presente à assinatura do documento, o deputado distrital Rafael Prudente destacou: “Mais um problema histórico sendo resolvido. Todas as escolas aqui da cidade receberam benefícios do governo ao longo dos últimos três anos e meio”. Já a deputada federal Celina Leão lembrou o investimento do GDF na área educacional: “Não adianta investir em tudo e não investir em educação. Essa é uma pauta que tem que ser tratada com prioridade”.

O administrador de Samambaia, Claudeci Ferreira, lembrou que são mais de 10 anos de luta para que a escola, antes provisória, pudesse se tornar numa unidade definitiva. “É uma vitória imensa para toda a comunidade. Essa é uma escola antiga, do começo de Samambaia, que nem sempre estava podendo atender os alunos e os profissionais da educação de forma adequada”.

Leia Também:  Com desempregados, Ibaneis promete diminuir impostos para gerar vagas

Ferreira também destacou o investimento do governo para melhorar a qualidade do ensino público em Samambaia: “É uma cidade que cresce e está em desenvolvimento constante. Esse investimento vem para trazer qualidade e abraçar mesmo toda a comunidade, em especial na educação, até porque muitos estudantes migraram da educação particular para a pública no último ano”.

A solenidade contou com a apresentação do Coral Encanto, da Escola Classe 410 de Samambaia. Estiveram presentes também o vice-governador Paco Britto e o secretário de Governo, José Humberto.

População agradece

A enfermeira Adriana Lima Xavier, 38 anos, tem uma relação singular com a EC 425. Ela foi aluna da escola, e muito tempo depois, seu filho Vinicius, hoje com 10 anos, entrou para fazer o quarto ano. “Nós aguardamos por muito tempo essa reforma”, disse.

Na avaliação de Adriana, a reconstrução da unidade vai levar mais segurança para os estudantes, que foram transferidos para uma escola alugada pelo GDF. “A estrutura da escola estava bastante comprometida”, frisou. “Houve casos de o telhado desabar com as fortes chuvas. Essa reconstrução quer dizer segurança, dignidade e esperança de um futuro melhor para as crianças”, complementou.

A artesã Rita Maria de Sousa, 63, também comemorou a notícia de que Samambaia terá uma escola completamente nova para atender a população. “Estou muito feliz de estar participando desse dia, porque a escola é a base de tudo”, pontuou.

Outras melhorias

Ainda nesta quarta, o governador entregou outras obras no setor educacional. Foram inauguradas as coberturas de quadras poliesportivas e benfeitorias em três escolas de Samambaia: Centro de Ensino Fundamental 411, Centro de Ensino Fundamental 427 e Centro de Ensino Fundamental 312. Foram investidos mais de R$ 2,5 milhões para a execução desses trabalhos, beneficiando 3,5 mil alunos.

Fonte: Agência Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?