BRASÍLIA

GDF

Índice da Controladoria-Geral mostra um GDF cada vez mais transparente

Publicados

em

Nesta quinta-feira (3), a Controladoria-Geral do DF divulgou, por meio de suas redes sociais (CGDF oficial), os órgãos, secretarias e entidades públicas do Distrito Federal que atingiram os 100% do Índice de Transparência Ativa. Essa é a 5ª edição do Prêmio ITA (Índice de Transparência Ativa), que tem por objetivo estimular a publicação ativa de informações de interesse público.

Para a premiação, são realizadas avaliações das informações divulgadas nos sites, seguindo as normas da lei distrital de acesso à informação do DF (nº 4.990/2012). Entre elas, estão desde as mais corriqueiras — como endereço e formas de contatos telefônico ou eletrônico — às de caráter institucional ou relacionadas a despesas, contratos, convênios, licitações e servidores.

“Mesmo com todas as dificuldades impostas pela pandemia, o Governo do Distrito Federal conseguiu evoluir no atendimento à Lei de Acesso à Informação. O Índice geral de Transparência do DF saltou de 84% para 90% este ano. O maior índice já alcançado”, destacou o controlador-geral do DF, Paulo Martins.

Leia Também:  Ibaneis anuncia o SOS Saúde, que fará mutirões de cirurgias eletivas

No primeiro ano do prêmio, lançado em 2016, apenas cinco órgãos atingiram o índice de 100% de transparência ativa. “Fica claro que esse tipo de ação estimula a adequação quanto à lei de acesso à informação.

Para além da premiação, a equipe da Controladoria-Geral do DF também capacita os servidores e direciona esses órgãos, para que possam se adequar e prestar informações de forma mais clara e fácil para a sociedade”, ressalta o controlador-geral do DF. Além disso, Martins explica que esse ano foi criado um canal no WhatsApp especificamente para orientações de transparência ativa aos órgãos, secretarias e entidades do DF.

Em 2020, houve um aumento de mais de 40% no número de órgãos com 100% no índice, saltando de 54 para 77 órgãos. Isso demonstra a transparência de 100% dos órgãos públicos especializados/autônomos; 93% das secretarias de Estado; 70% das administrações regionais; e 88% das entidades ligadas à estrutura do Executivo local. No caso específico de administrações regionais, o número saltou de 11 para 23 em 2020.

Leia Também:  Flavia Arruda, a nova força política de Brasilia

Participaram da avaliação secretarias, autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, órgãos especializados e autônomos e administrações regionais.

O anúncio foi realizado por meio do:

Instagram (@cgdfoficial)

Facebook (Facebook.com/CGDFoficial)

Twitter (@cgdfoficial)

Segundo a subcontroladora de Transparência e Controle Social da CGDF, Rejane Vaz , o alto número de órgãos que passaram a ser reconhecidos no Prêmio ITA “prova que o prêmio atingiu o seu principal objetivo, que é estimular a transparência ativa. Para além do trabalho realizado pela Controladoria-Geral do DF, que apoia e direciona os órgãos nessa divulgação, temos que destacar a atuação das autoridades de monitoramento, ouvidores e demais servidores dos órgãos e entidades, que tiveram um papel fundamental na mobilização das áreas responsáveis pela divulgação das informações”.

Confira aqui a lista completa dos premiados de 2020

Confira aqui o relatório do Prêmio ITA 2020

*Com informações da Controladoria-Geral do DF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GDF

“Mais eficiência”, diz Ibaneis Rocha sobre da nova sede do IML no DF

Publicados

em

Em publicação no Instagram nesta terça-feira, o governador deu detalhes da construção do prédio do Instituto Médico Legal

Croqui do novo prédio do IML da PCDFReprodução/PCDF

O Instituto Médico Legal (IML) da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) vai ganhar novo prédio. Nesta terça-feira (13/4), o governador Ibaneis Rocha informou que as obras começaram no local.

Economia

Em fevereiro deste ano, o delegado-geral da PCDF, Robson Cândido, e o diretor do Departamento de Administração Geral (DAG), delegado Silvério Moita de Andrade, assinaram o Termo de Construção da nova sede.

Segundo a PCDF, o novo prédio do IML conta com diversas funcionalidades: acessos separados para exames em pessoas vivas e mortas, assim como entrada independente para os custodiados; recepção separada para atendimento a mulheres vítimas de violência; central de remoção de órgãos; e laboratórios amplos e adaptados para as tecnologias mais atuais.

A edificação será composta por subsolo, térreo e mais dois pavimentos, com sistema de ar condicionado, grupo moto-gerador, sistema de sprinklers e já adequado à nova identidade visual da Polícia Civil.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Ibaneis anuncia o SOS Saúde, que fará mutirões de cirurgias eletivas
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA