BRASÍLIA

GDF

Policiais militares foram homenageados pelo deputado Martins Machado

Publicados

em

O deputado Martins Machado (Republicanos-DF), agraciou com moção de louvor quatro policiais militares, que em abril deste ano salvaram uma menina de 2 anos, que se engasgou com leite materno. O caso ocorreu no Guará e teve um desfecho positivo graças aos primeiros socorros realizados pela corporação.
O Major Rodrigo de Lima Costa Casas, o Subtenente Alexandre Siqueira da Silva, 1⁰ Sargento Athos Magno Freitas da Silva e o 3⁰ Sargento Ilus Daniel de Araújo Ferreira Lima, tiveram a viatura parada pelos gritos com pedido de ajuda da família, e não pensaram duas vezes e pararam para socorrer. Foram momentos de apreensão, comprometimento e profissionalismo, onde conseguiram salvar a vida da pequena Ana Cecília de Sousa.
O distrital assim que soube do ocorrido fez questão de enaltecer o nome da Corporação perante a opinião pública pelo excelente trabalho executado “ Sem dúvida foi um ato de amor ao próximo, repleto de bravura, pois nem deu tempo para pensar em muita coisa, só em agir. Desejo muito sucesso na vida não só daqueles que atuaram naquele dia, mas de todos que voluntariamente abraçaram tão nobre missão ao ingressar no Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal”, ressalta.

Leia Também:  Veto do STF à reeleição no Congresso acabou com censura no Senado

Fonte: Assessoria Martins Machado

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GDF

Comissão da Vacina aprova plano de trabalho para acompanhar a vacinação no DF, que começa amanhã (19), às 10h 

Publicados

em

Comissão quer apoio da bancada federal para cobrar cronograma e doses da vacina
Foto: Reprodução TV Web CLDF

O presidente do colegiado, deputado Fábio Felix (PSOL), considerou que ontem (17), em São Paulo, foi dado um passo importante com o início do plano de imunização. “Temos que lutar para que o DF inicie a vacinação com os insumos necessários”, disse, ao citar que a secretaria de Saúde informou ter recebido cerca de cem mil doses.

O relator da Comissão, deputado Delmasso (Republicanos), garantiu que disponibilizará ainda hoje aos pares os planos de operacionalização nacional de vacinação contra a Covid-19 e do DF, bem como as documentações e relatórios da Anvisa relacionados à aprovação emergencial das vacinas Coronavac e Oxford/AstraZeneca. A documentação será incorporada ao relatório da Comissão. O parlamentar registrou sua preocupação com a quantidade insuficiente de doses, uma vez que é necessário imunizar 70% da população, cerca de cem milhões de pessoas, para o País sair da pandemia. Ele sugeriu uma atuação conjunta da Comissão com a bancada federal do DF para cobrar do ministério da Saúde o cronograma de distribuição e as datas do plano de imunização no DF. “Precisamos garantir que não haja descontinuidade do plano de operacionalização”, frisou.

Leia Também:  Câmara Legislativa devolve R$ 60 milhões de seu orçamento ao Executivo

Ao apoiar a sugestão de Delmasso, o vice-presidente da Comissão, deputado Jorge Vianna (Podemos), considerou que, embora seja justa a divisão isonômica e proporcional de doses proposta pelo ministério da Saúde, é necessário minimizar a demora no processo de vacinação. Segundo Vianna, a Comissão precisa saber a quantidade de doses que chegarão ao DF e os prazos porque tem a responsabilidade de comunicar essas informações à população. Do mesmo modo, a deputada Jaqueline Silva (PTB) endossou a união com a bancada federal e a preocupação com a quantidade insuficiente de doses. Por sua vez, o deputado João Cardoso (Avante) destacou o papel humanitário da comissão.

Audiência com secretário de Saúde

Nesta terça-feira (19), às 16h30, a Comissão Especial ouvirá o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, sobre o plano de imunização local. Os parlamentares querem questioná-lo a respeito do quantitativo de doses, prazos, grupos prioritários e continuidade, entre outros pontos do processo de vacinação.

Franci Moraes
Fotos: Reprodução TV Web CLDF
Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA