BRASÍLIA

GDF

Rodolpho Hot Hot agora é Presidente do CDDF/CD-Ceilândia Sul

Publicados

em

Mais uma grande liderança alcança outro nível no time do Conselho de Desenvolvimento do DF/CDDF. Acompanhando o Conselho desde a sua criação como conselheiro, e executando um grande trabalho comunitário em todas as regiões administrativas do DF, o líder comunitário Rodolpho Hot Hot como é conhecido, agora é o presidente do CDDF-CD-Ceilândia Sul, onde tem grande liderança junto a essa comunidade.

 

Conheça um pouco deste grande Líder Rodolpho Hot Hot

Nascido em Brasília há 46 anos é casado, pai de um rapaz de 16 anos, cristão temente a Deus, Rodolpho é um amante de Brasília e seu povo.

Jornalista, Assessor da Secretaria de Atendimento à Comunidade do GDF, acadêmico de gestão pública concluiu recentemente a graduação em Gestão de Segurança Pública e Privada.

É fundador do “Fatos e Verdades” e membro do grupo “Olhos de Águia”, instrumento do Conselho de Desenvolvimento do Distrito Federal para a disseminação de conteúdo informativo sobre a política do Distrito Federal. Filiado ao MDB, pré-candidato ao Senado 2022.

Leia Também:  Defensora do “fique em casa”, Anitta aglomera em Miami

Mais conhecido como Hoth Hoth, Rodolpho, com sua habilidade de comunicação ficou conhecido ao denunciar por meio de vídeos nas redes sociais situações de descaso com a população do Distrito Federal, em especial na área da saúde.

Já morou no Gama, Taguatinga, Guará e Bandeirante, atualmente se fixou em Águas Claras, sua atuação concentra-se na região oeste do DF onde faz base para sua atuação em todo Distrito Federal, em contato contínuo com as lideranças locais e toda comunidade, dá encaminhamento às demandas colhidas.

Foi pipoqueiro, engraxate, empacotador, comerciante, empreendedor, dentre outras funções, sempre ativo e proativo, Rodolpho almeja ver concretizados os projetos que engendrou para o Distrito Federal.

Fonte: Ascom CDDF

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GDF

Maior assentamento rural do DF será regularizado

Publicados

em

Foto: Agência Brasília

GDF doou à União terrenos do Oziel Alves III, em Planaltina. Com isto, 168 famílias de agricultores vão conquistar a escritura definitiva

ANA LUIZA VINHOTE, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: RENATA LU

As famílias do maior assentamento rural do Distrito Federal, o Oziel Alves III, em Planaltina, finalmente terão as escrituras definitivas de suas casas. A regularização só será possível porque a Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) doou, nesta quarta-feira (5), a área à Secretaria do Patrimônio da União (SPU). São 168 terrenos de famílias de produtores rurais, com foco na produção orgânica.

Agora, a SPU e o Incra farão levantamentos topográficos, georreferenciamento, certificação, projeto de unificação e desmembramento da área do Oziel Alves III. Estas ações vão permitir a regularização definitiva do local | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha lembrou que existia uma disputa de terra na região havia 20 anos e os moradores acabavam sendo tratados como invasores. “A maneira jurídica que encontramos foi fazer a doação dessas terras para a União. A partir do momento que eles tiverem a documentação desse terreno, terão dignidade de volta. A previsão, segundo a SPU e o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária], é resolver a situação em 90 dias”, informou.

“As obras físicas são importantes, mas outras ações para solucionar problemas também são. A parceria com o governo federal é fundamental. Os problemas jurídicos do DF são enormes, principalmente no que diz respeito à titulação de terras nas áreas rurais. Sabemos a importância de a pessoa ter a segurança jurídica para entrar em uma agência bancária, fazer um financiamento, cuidar da sua família, filhos e saber que essa casa será deles”, destacou o chefe do Executivo local, Ibaneis Rocha.

Leia Também:  Mesa Diretora da CLDF para o biênio 2021-2022 será conhecida nesta terça-feira (15)

C0nfira o vídeo:

Leonardo Mundim, diretor de Regularização Social e Desenvolvimento Econômico da Terracap, explicou que após a doação, a SPU e o Incra farão levantamentos topográficos, georreferenciamento, certificação, projeto de unificação e desmembramento da área do Projeto de Assentamento Oziel Alves III. Ações, que vão permitir a regularização do local. “A solução para a legalização não era complexa. Resolvemos essa questão interpretando e aplicando o direito imobiliário. As soluções chegam mais facilmente quando pegamos as pedras para construir pontes ao invés de muros”, ressaltou.

“Sabemos a importância de a pessoa ter a segurança jurídica para entrar em uma agência bancária, fazer um financiamento, cuidar da sua família, filhos e saber que essa casa será deles”Ibaneis Rocha, governador

Secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), Mauro Benedito Filho, reforçou a importância da integração entre os governos federal e local. “É importante que essas pessoas beneficiadas tenham a regularidade plena de seus imóveis, buscando investimentos e fomentando a economia. A SPU se torna cada vez mais parceira do GDF para impulsionar o desenvolvimento sustentável, social, ambiental e econômico”, salientou.

Leia Também:  A história vencedora de Mãe e Filha no empreendedorismo

Conquista

Emocionado, o presidente da Associação dos Produtores Rurais do Assentamento do Oziel Alves III, Edson Pereira, agradeceu ao governo local pela ação em conjunto com o federal. “Teremos condições de produzir na sua área. Hoje é muito difícil, os insumos e maquinários são caros e não conseguimos fazer um financiamento. Com essa luta de muitos e muitos anos, as pessoas poderão sobreviver dentro de seus terrenos; além das políticas públicas, conseguiremos”, garantiu.

Moradora do assentamento há 19 anos, Vera Lúcia Alves, 54 anos, também comemorou a conquista da escritura de sua casa. “Graças ao nosso governador Ibaneis e a muita luta do presidente da nossa associação, o Edson, conseguimos essa vitória. Muitos amigos e colegas morreram sem ter a escritura de suas casas. Sabíamos que um dia Deus daria essa graça para nós. Lutamos muito para ter esse dia de alegria”, celebrou.

Também participaram do evento, o vice-governador, Paco Britto; os presidentes da Terracap, Izídio Santos, e da Emater-DF, Denise Fonseca; os secretários José Humberto (Governo) e Candido Teles (Agricultura); além do administrador de Planaltina, Célio Rodrigues; e dos deputados Jorge Vianna e Celina Leão.

Fonte: https://www.agenciabrasilia.df.gov.br/2021/05/05/maior-assentamento-rural-do-df-sera-regularizado/

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA