BRASÍLIA

ESPORTES

Ceará vira e deixa o Corinthians na zona de rebaixamento do Brasileiro

Publicados

em

O time paulista jogou com um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo, mas tomou gol no final

Em um partida marcada por erros individuais, o Ceará venceu o Corinthians por 2 a 1 na noite deste domingo (11/10), no Castelão, em Fortaleza – o time paulista jogou com um jogador a mais durante boa parte do segundo tempo, mas não conseguiu se impor e ainda viu a equipe cearense virar o jogo aos 45 minutos da segunda etapa. O resultado foi terrível para o clube paulista, que com os resultados da rodada, entrou na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, na 17.ª posição na tabela.

O Corinthians começou o jogo bem definido. Com linhas posicionadas e firmes na marcação, a intenção era tirar o espaço dos meias do Ceará, buscar agilidade para recuperar a bola e sair com velocidade para o ataque.

A ideia do Corinthians era tentar ter um pouco mais de mobilidade na construção das jogadas de ataque. O time começou o jogo tentando pressionar a saída de bola do Ceará, com marcação firme nas duas linhas de quatro jogadores e com Luan e Mantuan tentando organizar as jogadas mais à frente.

Só que aos poucos o Ceará passou a usar a arma do Corinthians – marcação firme na saída de bola do adversário. Isso fez com que o jogo time paulista caísse em qualidade, com os cearenses mais perto do gol.

A primeira grande chance de gol surgiu aos 7 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Rafael Sóbis cabeceou no travessão. No rebote, Luiz Otávio também desviou de cabeça, mas Cássio conseguiu se esticar todo e espalmar com a mão direita, impedindo a abertura do placar.

O gol poderia tranquilizar o Corinthians, mas o time optou por recuar e chamou o Ceará para o seu campo. Com isso, a pressão em cima do gol defendido por Cássio foi aumentando com o passar do tempo. Aos 18 minutos, Fernando Sobral recebeu na entrada da área, ajeitou para a perna esquerda e bateu para o gol, mas a bola passou raspando na trave.

O Corinthians mantinha suas duas linhas de marcação muito bem postadas, com Éderson fazendo uma boa partida quando foi a vez do zagueiro Gil sofrer com uma infelicidade em campo. Aos 33 minutos, Léo Chú escapou pela esquerda do ataque e cruzou rasteiro para a área. Gil esticou a perna para cortar, mas acabou mandando contra seu próprio gol, sem chances para Cássio – era o empate do Ceará.

Leia Também:  Maioria do STF mantém liminar que suspende cobrança de R$ 10 bilhões do GDF

Com 35 minutos foi a vez do Corinthians ser obrigado a fazer uma substituição por contusão. Lucas Piton deixou a partida para a entrada de Sidcley, que começou sua participação meio desligado. Em suas costas, aos 37 minutos, o Ceará quase virou o jogo. Em mais uma boa jogada de Léo Chú, desta vez pelo lado direito do ataque cearense, ele cruzou da direita para a área. Vinicius dominou e chutou firme para o gol, mas Cássio fez mais uma grande defesa para o Corinthians.

Cinco minutos mais tarde, foi a vez do Corinthians chegar com grande perigo. Aos 42, Luan recebeu pela direita, correu e rolou no meio para a chegada de Ramiro. O volante dominou levantando a bola e bateu com ela no ar – Fernando Prass apenas olhou ela explodir no travessão e sair pela linha de fundo.

SEGUNDO TEMPO – O jogo recomeçou com o Ceará em cima do Corinthians. Logo aos dois minutos, Vinicius cobrou falta de longe e exigiu mais uma boa defesa de Cássio. Aos quatro, foi a vez de Rafael Sóbis chegar com perigo pela esquerda, para nova defesa do goleiro corintiano.

O jogador a mais fez o técnico Dyego Coelho mexer no esquema tático do Corinthians. Ele mandou a campo Jô e Cazares e saiu de um 4-5-1 para um 4-4-2. Guto Ferreira recompôs rapidamente o seu sistema defensivo, deixou Vinícius mais à frente e passou a tentar explorar o contra-ataque.

Com um a mais desde os 16 minutos do segundo tempo, o Corinthians mantinha o controle do meio-campo, mas não chegava com perigo ao gol de Fernando Prass. As alterações de Coelho não fizeram o Corinthians ter chances mais claras e o com o passar do tempo o nervosismo do time ficou em evidência.

Mesmo com um a mais, o Corinthians conseguiu se complicar. Aos 45 minutos do segundo tempo, o goleiro Cássio errou na saída de bola, tocou mal para Bruno Méndez e ainda derrubou Kelvyn dentro da área. Anderson Daronco assinalou a penalidade máxima. Fernando Sobral foi para a batida e mandou no meio do gol, mas Cássio pulou para o lado esquerdo e o Ceará passou à frente no marcador.

FICHA TÉCNICA

Leia Também:  Jornal mostra quanto Neymar desembolsa aos "parças" mensalmente

CEARÁ 2 X 1 CORINTHIANS

CEARÁ – Fernando Prass; Samuel Xavier (Eduardo), Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Charles, Fabinho, Fernando Sobral, Vinícius (Lima) e Léo Chú (Kelvyn); Rafael Sóbis (Leandro Carvalho). Técnico: Guto Ferreira.

GOLS – Léo Natel, aos 14 minutos do primeiro tempo; Gil (contra), aos 33 minutos do primeiro tempo; Fernando Sobral, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Anderson Daronco (RS)

CARTÕES AMARELOS – Léo Chú, Rafael Sóbis, Luís Otávio.

CARTÃO VERMELHO – Eduardo.

LOCAL – Estádio Castelão, em Fortaleza (CE).

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:

Propaganda

ESPORTES

Manoel elogia América MG, mas foca na concentração para buscar os três pontos para Cruzeiro

Publicados

em

Por


Um dos principais pilares da defesa cinco estrelas, o zagueiro Manoel destacou a importância da vitória sobre o América-MG, quarta-feira, às 21h30, no Independência, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

De acordo com o defensor, a Raposa precisa de concentração total na partida, diante de um adversário qualificado e que faz uma grande campanha na competição.

“Um jogo difícil, que a gente tem que entrar com o foco muito alto, muito concentrados para conseguirmos vencer essa partida. São três pontos muito importantes para a gente, por se tratar de um clássico e também pela nossa situação. A gente precisa pontuar, deixamos escapar uma chance em casa contra o Confiança”, disse ele.

“Agora temos o América-MG pela frente, uma equipe que vem muito bem, tem jogadores de muita qualidade, jogadores que já estão há um bom tempo jogando juntos, se conhecem. Então, precisamos entrar focados, estar ligados a todo momento, porque esses três pontos são muito importantes para nós e vamos fazer de tudo para ganhar esse jogo quarta-feira”, completou.

  Cruzeiro enfrenta a Ponte Preta e precisa vencer para tenta sair da zona de rebaixamento

Leia Também:  Brasil e EUA articulam aliança antiaborto, diz colunista

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA