BRASÍLIA

MULHER

Barbara Susan: Mulheres de sucesso

Pode ser uma imagem de 2 pessoas

Muitas mulheres falam em “SORORIDADE”, e para falar a verdade a realidade é totalmente outra, principalmente aqui em Brasília, aqui não existe amor, cumplicidade, muito menos respeito. Aqui tu serve só por algum interesse, e ainda tentam te fazer de moeda de troca, tentam né ? O bom da gente não abrir tudo que fomos na vida, é que as pessoas acham que somos como elas, que se deram a vida inteira como moeda de troca, mas é assim, ou tu é apenas um corpinho gostosinho, ou tu desbrava o mundo, como diz meu amigo @felipegoncalves.frg eu realmente poderia abusar de todas as oportunidades que a vida me dá, e oportunidades não faltam, vivo esse meio desde que nasci, viajei o Brasil inteiro formando políticas Públicas e olha nem parece que tenho apenas 28 anos de tantas conquistas e histórias… Então mulherada Sororidade, não se façam de moeda de troca, como o meu Pai sempre me disse, nesse meio ou tu é um corpinho ou tu é a cabeça, a gente que escolhe… Não nasci p ser Galinha de ovos de ouro de ninguém, todos tem um preço a pagar, então pague pelo seu, e sabem aquela história que ninguém atira pedra em cachorro morto? Vamos assistir os próximos capítulos, contra fatos não há argumentos…

Leia Também:  Patrimônio do DF é tema de audiência pública nesta sexta (3) às 19h

Deus à frente de todos os meus caminhos, menos mimi!

Todos esses que aí estão
Atravancando meu caminho,
Eles passarão…
Eu passarinho!

 

Pode ser uma imagem de 7 pessoas, pessoas em pé e casacos e jaquetas

“Meu Pai sempre me disse, nesse meio ou tu é um corpinho ou tu é a cabeça, a gente que escolhe”, Barbara Susan

Pode ser uma imagem de 5 pessoas e pessoas em pé

“Não nasci para ser Galinha de ovos de ouro de ninguém, todos tem um preço a pagar, então pague pelo seu, e sabem aquela história que ninguém atira pedra em cachorro morto?”, Barbara Susan

Fonte: Redação

COMENTE ABAIXO:

MULHER

Mulher é presa após espancar bebê depois de se irritar com choro

Publicados

em

Por

Uma mulher foi presa na última quinta-feira (16) suspeita de agredir a filha de um ano após se irritar com o choro da criança. O caso aconteceu em Mara Rosa, em Goiás.

Segundo o G1, os vizinhos da mulher teriam ouvido o choro do bebê e ligaram para o Conselho Tutelar da cidade. Em fotos, é possível ver lesões nos braços pernas e peito da criança.

De acordo com o delegado Matheus de Oliveira, a mulher foi autuada em flagrante, pagou fiança no valor de meio salário mínimo, cerca de R$ 550, e foi liberada. Se condenada, a suspeita pode ter pena de até três anos.

A criança foi levada para a casa do pai, que mora em Alto Horizonte, também em Goiás.

Jornal de Brasília

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Magia com Cristais? Saiba mais!
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.