BRASÍLIA

MUNDO

Auxílio emergencial de US$ 1,9 trilhão tem amplo apoio nos EUA

Publicados

em

Os democratas, que controlam a Câmara, estão se preparando para aprovar o pacote até o final da próxima semana

Alex Wong/Getty Images

Apesar da oposição da cúpula do Partido Republicano, o presidente americano Joe Biden tem amplo apoio “bipartidário” para aprovar o auxílio emergencial de US$ 1,9 trilhão – cerca de R$ 10,23 trilhões na cotação deste sábado (20/2).

Os democratas que controlam a Câmara estão se preparando para aprovar o pacote até o final da próxima semana, com o Senado planejando em breve seguir com sua própria votação, antes que os benefícios de desemprego expirem em meados de março.
Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  STF determina que débitos trabalhistas sejam corrigidos pelo IPCA-e e Selic
Propaganda

MUNDO

Jovem diz não saber que estava grávida e dá à luz na cadeira do dentista: ‘Mal tive tempo de sentar’

Publicados

em

Foto: Reprodução
Ir ao dentista é um verdadeiro pesadelo para grande parte das pessoas. Mas agora imagina ir para um consultório dentário e dentro começar a dar à luz. Pois foi isso que aconteceu recentemente com uma jovem.
Jessica Aaldering, de 23 anos de idade, é moradora de uma cidade da Holanda. Ela conta que não sabia que estava grávida e que não havia apresentado nenhum sintoma de gestação, como costuma ocorrer em grande parte das grávidas. Inclusive, a jovem afirma que estava menstruando normalmente até a bolsa estourar.
A mulher havia ido deixar o filho na escola e na volta começou a sentir fortes dores na barriga. Ela achou que se tratava de algo normal, pois pouco antes havia sofrido uma queda de bicicleta por causa do mau tempo na região.
Felizmente para Jessica, um policial, identificado como Van Duuren, passava pela jovem no momento em que ela sentia as dores. Ele a acudiu e a levou para um consultório dentário próximo. Pouco após chegar no local, a mulher deu à luz.
“Tudo aconteceu tão rápido que mal tive tempo de sentar na cadeira do dentista“, disse Jessica. Enquanto a jovem estava se preparando para dar à luz na cadeira, o profissional do consultório dentário colocava as luvas e se desinfetava. O policial que a acudiu disse que o bebê nasceu sem respirar nem chorar, mas após ele massagear seu peito, a criança começou a chorar.
Após o parto, Jessica foi levada para uma unidade de saúde local com seu filho, a quem deu o nome de Herman. Felizmente, a jovem e o filho ficaram bem, mas o consultório dentário lhe mandou a conta porque ela havia deixado o local “sujo”. O policial levantou uma quantia e pagou a dívida. “Foi a minha salvação e agora é de novo”, agradeceu a jovem ao agente.
Com informações do site: 1news
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo Trump: custo com imigrantes deve superar US$ 2,9 bi projetado
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA