BRASÍLIA

MUNDO

Comitiva Brasileira é recebida por Trump na Casa Branca

Publicados

em

Casa Branca divulgou imagens de Trump e comitiva do governo brasileiro Foto: Divulgação/ Casa Branca

Neste sábado (31), a Casa Branca divulgou imagens do encontro de Donald Trump com a comitiva enviada pelo governo brasileiro. As fotos mostraram o encontro com o ministro Ernesto Araújo e o deputado e filho de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, também compareceu à reunião. Segundo Araújo, a conversa no Salão Oval durou cerca de meia hora.

Furacão Dorian segue para Flórida na categoria 4
Eduardo diz que Trump apoia sua indicação à embaixada
Chile enviará 4 aviões para combater incêndios no Brasil

O assessor internacional do Planalto, Filipe Martins, esteve entre o grupo que, discutiu assuntos como a questão do combate aos incêndios na região amazônica. Os representantes brasileiros afirmaram que a visita foi “simbólica”, a fim de demonstrar que os dois países estão em sintonia.

O encontro não foi registrado na agenda oficial de Trump e não foi aberto à imprensa. Durante a saída, os brasileiros não deram muitas declarações. Eduardo afirmou apenas que o presidente americano apoia sua indicação ao cargo de embaixador do Brasil nos EUA.

Leia Também:  'Star Wars: os últimos Jedi' fatura US$ 450 mi em estreia mundial

A comitiva brasileira viajou para Washington num avião da FAB. Eles ficaram pouco mais de duas horas na residência de Trump. Segundo o ministro Araújo, não aconteceram outras reuniões durante o período em que eles estiveram no local. O genro e assessor de Trump, Jared Kushner, e assessores do conselheiro de Segurança Nacional, bem como John Bolton, participaram.

Fonte: EG NEWS com informações do Pleno.News

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

MUNDO

Marcelo é reeleito em Portugal na eleição em que a esquerda passa vergonha

Publicados

em

Em segundo lugar, socialista Ana Gomes empato em cerca de 12% com o direitista André Ventura

Com quase todas as urnas apuradas nas eleições presidenciais portuguesas, realizadas neste domingo (24), o atual presidente Marcelo Rebelo de Sousa (PSD) foi reeleito em primeiro turno com cerca de 60% dos votos. Agora há pouco, ele deixou sua casa em Cascais dirigindo o próprio carro, sozinho, deslocando-se até a Faculdade de Direito de Lisboa, onde é professor, para fazer o tradicional discurso da vitória.

A apuração mostrou ainda um desempenho constrangedor da esquerda, que não devem passar dos 23%, segundo afirmou Rui Rio, principal líder do PSD, ao saudar a vitória do candidato do seu partido.

A principal candidata do campo de esquerda, Ana Gomes, do Partido Socialista (PS), está em 2º lugar na corrida e soma apenas 12,6%. Outro candidato de esquerda, na campanha, foi João Ferreira, do Partido Comunista Português (PSP), que não passa dos 4,2% do total. Marisa Matias, candidata do “Bloco de Esquerda”, teve só 2% do total.

A estratégia das esquerdas era levar a disputa para o segundo turno, quando, em hipotética aliança, tentariam derrotar Marcelo Rebelo de Sousa, mas o povo português derrotou essa pretensão.

A segunda posição da socialista Ana Gomes é ameaçada por André Ventura, candidato de direta ou “extrema direita”, como o rotulam na imprensa portuguesa, que tem 11,8%. Ventura se define como “liberal economicamente, nacionalista culturalmente e conservador em questões de costumes” e como um “político antissistema”.

Leia Também:  'Star Wars: os últimos Jedi' fatura US$ 450 mi em estreia mundial

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA