Íngrid Betancourt, política que foi sequestrada pelas Farc, desiste de presidência da Colômbia a uma semana da votação

A uma semana do primeiro turno das eleições presidenciais na Colômbia, Ingrid Betancourt anunciou que deixa a corrida para apoiar um outro candidato, Rodolfo Hernández, que aparece em terceiro nas pesquisas.

Betancourt foi sequestrada pelas Forçar Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) entre 2002 e 2008, e foi libertada em uma megaoperação militar.

A política participou da corrida presidencial com seu partido Verde Oxígeno. Ela anunciou sua candidatura em 18 de janeiro. Ela tentou se apresentar como uma alternativa entre a esquerda.

A candidatura não decolou. Ela não teve mais do que 1% das intenções de voto.

Fonte: G1
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Primeiro julgado por crimes de guerra, soldado russo é condenado à prisão perpétua na Ucrânia

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?