BRASÍLIA

MUNDO

Kremlin diz que adesão da Finlândia à Otan é uma ‘ameaça definitiva à Rússia’

Publicados

em

O Kremlin disse nesta quinta-feira (12) que a decisão da Finlândia de ingressar na Otan era “definitivamente” uma ameaça à Rússia e que a expansão do bloco militar não tornaria a Europa ou o mundo mais estáveis.

Falando a repórteres em uma teleconferência, o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse que as medidas tomadas pela Finlândia para ingressar na Otan são motivo de arrependimento e motivo para impor uma resposta à altura.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia também se manifestou.

“A adesão da Finlândia à Otan é uma mudança radical na política externa do país”, disse o Ministério em comunicado.

 O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, durante entrevista coletiva em 24 de março — Foto: Kirill Kudryavtsev/Pool via REUTERS

“A Rússia será forçada a tomar medidas de retaliação, tanto de natureza militar-técnica quanto de outra natureza, a fim de impedir que surjam ameaças à sua segurança nacional”.

Ele informou também que esse movimento poderá mudar toda a forma como a Rússia executa suas políticas externas.

O presidente e primeiro-ministro da Finlândia disseram na quinta-feira que seu país deve acelerar o processo de ingressão na aliança militar da Otan “sem demora”.

Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante desfile do Dia da Vitória em Moscou — Foto: Maxim Shemetov/REUTERS
Questionado se isso representava uma ameaça para a Rússia, Peskov respondeu: “Definitivamente. A expansão da Otan não torna nosso continente mais estável e seguro”.

Ele também disse que a Finlândia aderiu a “medidas hostis” contra a Rússia.

Leia Também:  Elizabeth II cancela participação em tradicional discurso de abertura do Parlamento por motivos de saúde

“Tudo dependerá de como esse processo de expansão da OTAN (na OTAN) se desenrolar, até que ponto a infraestrutura militar se aproxima de nossas fronteiras”, disse Peskov quando perguntado sobre as formas de resposta russas.

 

Antes da invasão da Ucrânia pela Rússia em 24 de fevereiro, a Finlândia mantinha, desde a Segunda Guerra Mundial, uma política de neutralidade em relação à Rússia, com a qual compartilha uma fronteira de 1.340 km (830 milhas).

A primeira-ministra da Suécia, Andersson, se reúne com a primeira-ministra da Finlândia, Marin, em Estocolmo em foto de 13 de abril de 2022 — Foto: Paul Wennerholm/TT News Agency/via Reuters
O país provavelmente se juntará à Otan este ano, ao lado de sua vizinha Suécia, outra potência tradicionalmente neutra que anteriormente se absteve de ingressar na aliança liderada pelos EUA.
Fonte: G1
COMENTE ABAIXO:

MUNDO

‘É hora de agir’ contra lobby de armas nos EUA, diz Biden após ataque a escola no Texas

Avatar

Publicados

em

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse em um pronunciamento nesta terça-feira (24) que “é hora de agir” contra o lobby de empresas de armas no país.

“Como uma nação, nós devemos nos perguntar ‘quando é que vamos nos opor ao lobby das armas?'”, disse em discurso na Casa Branca. “É hora de agir”.

 

A fala ocorre poucas horas depois que um homem de 18 anos abriu fogo contra alunos de uma escola de ensino fundamental do Texas, matando 18 crianças e uma professora.

“Eu esperava que, quando me tornasse presidente, não tivesse que fazer isso de novo”, disse Biden visivelmente abalado. “Pais que nunca verão seus filhos novamente.”

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?