BRASÍLIA

MUNDO

Lutador de MMA é morto a tiros e namorada é baleada nos Estados Unidos

Publicados

em

Tyler East lutava MMA e foi encontrado junto à companheira, que foi hospitalizada. Polícia acredita que uma terceira pessoa cometeu o crime

Reprodução/Instagram

Tyler East, lutador de Mixed Martial Arts (MMA), foi encontrado morto na cidade de Los Lunas, no Novo México, nos Estados Unidos. East estava ao lado de uma mulher, que foi baleada. De acordo com a imprensa norte-americana, o lutador teria sido morto por uma terceira pessoa, que ainda não foi identificada.

Segundo o canal TV KOB4 e o site de lutas MMA Junkie, Tyler atirou na namorada e foi morto por uma outra pessoa, que fugiu do local. A mulher foi hospitalizada e está internada, mas não corre risco de vida. Os policiais chegaram ao local após uma denúncia de vizinhos de uma briga doméstica.

Tyler East é irmão de Cody East, ex-lutador do UFC. O lutador tinha histórico de agressões. Em 2012, agrediu uma ex-namorada e em 2009 foi preso, acusado de agressão a um colega de escola.

Leia Também:  Obama, Bush e Clinton querem se vacinar em público para encorajar população
Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Em viagem à América do Sul que exclui Brasil, enviados de Biden visitam Colômbia

Publicados

em

O diretor sênior para assuntos do Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança Nacional, Juan Gonzalez, também participou da reunião em Bogotá

Autoridades dos Estados Unidos realizaram uma visita oficial à Colômbia nesta segunda-feira, 12. Os enviados especiais do presidente americano, Joe Biden, à América do Sul também irão à Argentina e ao Uruguai nesta semana. O Brasil não foi incluído no itinerário. “Valorizamos nossa estreita cooperação com Iván Duque e o governo colombiano e continuamos trabalhando juntos para restaurar a democracia na Venezuela”, escreveu no Twitter a secretária-adjunta interina para Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado americano, Julie Chung. O diretor sênior para assuntos do Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança Nacional, Juan Gonzalez, também participou da reunião em Bogotá.

A Casa Branca anunciou a viagem no sábado, 10, por meio de um comunicado. O documento destacava que os representantes dos EUA discutiriam na Colômbia a recuperação econômica, a segurança e o desenvolvimento rural do país. Além disso, debateriam a crise migratória da Venezuela. Na Argentina e no Uruguai, de acordo com a nota, Chung e Gonzalez abordarão os desafios impostos pela pandemia de covid-19, as mudanças climáticas e as ameaças à democracia na região.

Leia Também:  Presidente francês comemora seus 40 anos em um castelo

Em sua conta no Twitter, o presidente da Colômbia, Iván Duque, escreveu que a reunião de hoje foi “muito produtiva”. “Discutimos, entre outras coisas, a reativação segura da economia, o trabalho coordenado contra o narcotráfico e o crime transnacional, bem como a preservação do meio ambiente”, informou o mandatário. Julie Chung, por sua vez, disse que Washington e Bogotá são “parceiros na paz e na prosperidade”.

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA