BRASÍLIA

MUNDO

Obama, Bush e Clinton querem se vacinar em público para encorajar população

Publicados

em


source
Obama, Bush e Clinton
CNN/ Reprodução

Obama, Bush e Clinton querem encabeçar campanha de vacinação contra Covid-19 nos EUA

Os ex-presidentes estadunidendes Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton se ofereceram para encabeçar campanha de vacinação contra a Covid-19, assim que um imunizante estiver aprovado pela FDA (agência de saúde norte-americana) . A ideia é encorajar os norte-americanos a aderirem à campanha de vacinação.

“Eu vou tomar, e talvez tome na TV ou filme a injeção para mostrar às pessoas que eu confio na ciência. A única coisa na qual eu não confio é em pegar Covid”, disse Obama em entrevista à rádio SiriusXM , nesta quinta-feira (3).

Os EUA são o país mais atingido pela Covid-19 e, ainda assim, há, no país, resistência expressiva a vacinas para a doença. Segundo pesquisa do instituto Gallup, 40% dos adultos estadunidenses não têm certeza se vão se vacinar.

Leia Também:  Pai mata filhos carbonizados em carro e se esfaqueia até a morte

Um assessor do ex-presidente George W. Bush também revelou intenção do republicano em transmitir sua vacinação. “Primeiro as vacinas serão aplicadas nas populações de risco”, disse Freddy Ford à NBC News. “Então, o presidente Bush vai entrar na fila para receber sua dose e o fará, com orgulho, em frente a uma câmera”, disse, à NBC.

O democrata Bill Clinton também mostrou disposição, segundo confirmou um porta-voz do ex-presidente à CNN.

“O presidente Clinton vai, com toda a certeza, tomar a vacina assim que esteja disponível para ele, com base nas prioridades determinadas pelas autoridades de saúde”, disse Angel Urena. “E nós vamos fazer isso de forma pública para que incentive os americanos a fazer o mesmo.”

Fonte: IG Mundo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MUNDO

Urgente: metrô desaba sobre avenida e deixa ao menos 23 mortos

Publicados

em

Urgente: metrô desaba sobre avenida e deixa ao menos 23 mortos no México

Inaugurado em 2012, o trecho apresenta falhas recorrentes e teve sua construção marcada por denúncias de irregularidades

Uma via elevada do metrô da Cidade do México desabou nesta terça-feira, 4, fazendo com que um trem com passageiros caísse sobre uma avenida movimentada. Ao menos 23 pessoas morreram e 70 ficaram feridas, incluindo menores de idade.

O acidente ocorreu por volta das 22h30 (00h30 pelo horário de Brasília) entre as estações de Los Olivos e Tezonco, na linha 12 do metrô. Inaugurado em 2012, o trecho apresenta falhas recorrentes e teve sua construção marcada por denúncias de irregularidades.

Segundo a prefeita da capital mexicana, Claudia Sheinbaum, o viaduto desabou porque uma de suas vigas cedeu sob o peso dos vagões. Os feridos estão sendo transferidos para dois hospitais da região metropolitana, Tlahuac e Iztapalapa, enquanto equipes de resgate buscam outros sobreviventes.

Câmeras de segurança registraram o momento exato em que a estrutura elevada cedeu, levando o trem a cair de uma altura de pouco mais de cinco metros. Outras imagens compartilhadas nas redes sociais mostram dois vagões dispostos em forma de “V” contra o solo.

Leia Também:  Denunciante de Trump deve testemunhar em breve na Câmara dos EUA

Segundo Sheinbaum, ainda é incerto se todos os mortos estavam nos vagões do metrô ou se incluem pedestres e motoristas que passavam pela avenida. Oficiais também disseram não saber se as pessoas que permanecem dentro do trem estão vivas.

“Não temos informações, eles não nos dizem nada, a polícia nos empurra e as pessoas só se aglomeram”, afirma Oscar.

Por volta da meia-noite, o resgate teve de ser temporariamente interrompido porque a estrutura estava “muito fraca”, segundo a prefeita. O trabalho só foi retomado após a chegada de um guindaste para dar sustentação ao que restou em pé do viaduto.

Estadão Conteúdo

Leia Também:  Trump: ‘Nenhum americano foi ferido nos ataques do Irã’

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA