Otan não planeja armas nucleares ou bases na Finlândia, diz premiê a jornal

A aliança militar ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) não manifestou nenhum interesse em colocar armas nucleares ou bases permanentes na Finlândia, disse a primeira-ministra finlandesa, Sanna Marin, a um jornal italiano em entrevista publicada nesta quinta-feira (19) durante visita a Roma.

“Não há interesse (dentro da Otan) em colocar armas nucleares ou bases na Finlândia”, disse Marin ao jornal Corriere della Sera, segundo o gabinete dela.

 

O secretário-geral da OTAN, Jens Stoltenberg, exibe pedidos de adesão à aliança de Suécia e Finlândia em Bruxelas, na sede do organismo — Foto: JOHANNA GERON / Pool / AFP Photo

Marin, em visita a Roma para se encontrar com seu colega italiano Mario Draghi, disse acreditar que o assunto pode ser resolvido por meio do diálogo.

“Acho que nesta fase é importante manter a calma, ter discussões com a Turquia e todos os outros países-membros, respondendo a perguntas que possam existir e corrigindo quaisquer mal-entendidos”, afirmou Marin ao jornal.

 

Marin também disse que a questão da Otan implantar armas nucleares ou abrir bases na Finlândia não faz parte das negociações de adesão de Helsinque com a aliança militar ocidental.

Leia Também:  Egito anuncia descoberta de 250 sarcófagos e 150 estátuas de bronze de 2.500 anos atrás
Primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, observa o plenário que votou a favor do pedido de entrada do país na Otan — Foto: Lehtikuva/Antti Aimo-Koivisto via Reuters

A primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, disse que seu país não quer bases permanentes da Otan ou armas nucleares em seu território.

Fonte: G1

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?