BRASÍLIA

Notícias

Mais da metade dos adolescentes entre 12 e 17 anos já tomaram a primeira dose no DF

Dado considera os jovens que receberam a dose inicial contra a covid-19 seja pelas faixas etárias ou no grupo de comorbidades

JOHNNY BRAGA I EDIÇÃO: JOSÉ CARLOS BARROSO I DA AGÊNCIA SAÚDE-DF

A cobertura vacinal contra a covid-19 chegou a 51,17% no grupo de adolescentes entre 12 e 17 anos que tomaram a primeira dose. Os números consideram a vacinação desse público até a última terça-feira (21) – dia em que a faixa etária dos 13 anos começou a ser vacinada. Somente nesta terça, foram imunizadas 11.565 pessoas com a primeira dose e 10.073 com a segunda dose. Outras 25 pessoas receberam a dose única da vacina Janssen.

Adolescentes com 13 anos ou mais podem se vacinar em 32 pontos – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

Também na terça-feira foi iniciada aplicação da dose de reforço em idosos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPIs). A expectativa da Secretaria de Saúde é vacinar, em três semanas, um total de 1.090 idosos que vivem em ILPIs. A vacinação desse público teve início no Lar Francisco de Assis, localizado no Núcleo Bandeirante, e na Casa do Ceará, localizada na Asa Norte. No primeiro local, 43 idosos receberam a dose com o imunizante da Pfizer. No segundo, foram 14 vacinados. Outros 7 idosos que vivem na Associação dos Excepcionais de Ceilândia também tomaram a dose de reforço, totalizando 64 vacinados.

Leia Também:  Secretário de Saúde visita Hospital de Base neste domingo (29)

A dose adicional começou a ser aplicada nesta quarta-feira (22) em idosos com 85 anos ou mais e que tenham recebido a segunda dose há pelo menos seis meses. Ao todo, 32 pontos de vacinação estão abertos para receber esse público. Os locais podem ser consultados aqui.

Cobertura em outros públicos

Os grupos que mais buscaram os pontos de vacinação para receber as duas doses foram os idosos com 60 anos ou mais. A cobertura vacinal da segunda dose atingiu 100% em indivíduos com 65 anos ou mais. A faixa etária entre 50 e 59 anos já se aproxima dos 100% de cobertura vacinal de D2 ou dose única. Do grupo de 50 a 54 anos, 85% das pessoas já tomaram duas doses ou a dose única, e do grupo de 55 a 59 anos, 97,19% está com a imunização completa.

A partir desta quinta-feira (23), quem tem marcada a segunda dose da vacina Pfizer-BioNTech até o dia 27 de outubro poderá antecipar o recebimento dessa dose. Para ser vacinado, é obrigatório levar o cartão de vacina comprovando o recebimento da dose inicial e quem tem marcada a data da D2.

Leia Também:  HRL realiza o 1º Simpósio do Serviço de Coluna

Saúde

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Notícias

Ação conjunta leva atendimento às mulheres no Itapoã

Publicados

em

Por

Serviço das secretarias de Saúde e da Mulher faz parte da campanha Outubro Rosa e contou a administração regional

LUIZ FERNANDO CÂNDIDO, DA REGIÃO LESTE | EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

A campanha Outubro Rosa destaca a importância do autocuidado feminino e incentiva as mulheres a buscarem o acompanhamento médico especializado. Durante todo o mês, várias unidades da rede pública de saúde estão promovendo ações voltadas à saúde da mulher. Na Unidade Básica de Saúde 3 do Itapoã diversos serviços foram levados à população da região por meio de uma ação conjunta das secretarias de Saúde e da mulher, além da Administração Regional da cidade.

Unidade móvel levou atendimentos na unidade – Foto: Luiz Fernando Cândido/Região Leste

Os serviços ocorreram durante a manhã com o atendimento de 81 mulheres e contaram com a unidade móvel da Secretaria da Mulher. Na ocasião, foram coletadas 47 amostras de citopatológicos de colo do útero, inseridas 31 mamografias na central de regulação e realizados 32 exames clínicos das mamas. “Ofertar serviços para as mulheres, no Itapoã, por meio da unidade móvel, é uma oportunidade sempre gratificante”, afirma a gerente de serviços da Atenção Primária 2, Fernanda Santana. “São números bem expressivos”.

Leia Também:  ‘Impostaço’ de Doria prejudica pacientes de câncer em São Paulo

Quem aproveitou a oportunidade e procurou a UBS foi Maria do Carmo dos Santos, de 56 anos. Ela conta que fez o exame preventivo no ano passado, também na unidade móvel, quando estava na região. “Mais perto de casa facilita fazer o exame. Trazendo uma coisa boa pra gente”, agradece.

Atendimento na UBS 3 do Itapoã beneficiou 81 mulheres – Foto: Luiz Fernando Cândido/Região Leste

As ações da Secretaria de Saúde estão a todo vapor. No mês de outubro, as UBSs 2 e 3 do Itapoã têm ampliado a agenda com mais vagas de consultas, tanto para a coleta de citopatológicos em mulheres, quanto para a inserção de DIU, com acesso dessas pacientes aos serviços.

Segundo a gerente Fernanda Santana, novas ações estão previstas para a região. “Estamos planejando outras ações no território, inclusive, um dia em novembro, visando às ações voltadas para os moradores da região administrativa”, pontua.

Leia Também:  “Falta de acompanhamento médico adequado durante o início dos sintomas pode contribuir para quadros graves da Covid-19”, afirma especialista
--> Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.