BRASÍLIA

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Covid: prefeito de Aparecida de Goiânia faz vídeo acalmando seguidores

Publicados

em

Gustavo Mendanha testou positivo em 24/3 e está internado desde 1º/4; do hospital, ele gravou mensagem de agradecimento no Domingo de Páscoa

Prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB) está internado para tratar Covid
Reprodução/Twitter

Goiânia – O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), divulgou, neste Domingo de Páscoa (4/4), um vídeo em suas redes sociais acalmando e agradecendo seus seguidores e amigos. O político está internado em uma unidade de saúde particular da região metropolitana da capital desde a última quinta-feira (1º/4) para tratar um quadro de Covid-19.

O prefeito falou aos seus seguidores para agradecer as mensagens de carinho que tem recebido. Ele disse que os dias estão sendo difíceis, mas que está se recuperando bem. Gustavo Mendanha fez ainda referência às famílias de vítimas e aos amigos que perdeu recentemente para a doença.

Veja vídeo:

Gustavo Mendanha testou positivo para a Covid-19 no último dia 24/3 e ficou se tratando em casa. A internação veio no dia 1º/4 quando começou a apresentar complicações. O quadro dele seguiu estável desde então. No sábado, ele conversou com os filhos por vídeo-chamada.

Família contaminada

O prefeito estava em home-office desde meados do mês passado, quando vários familiares positivaram para a doença, incluindo a mãe (Sônia), o pai (Léo), a esposa (Mayara) e dois dos três filhos. Antes disso, tios também já tinham sido confirmados com o novo coronavírus. Ao todo, 13 pessoas da família contraíram a Covid.

Leia Também:  Governo de Goiás reforma 15 rodovias em três meses nas diversas regiões do Estado

O quadro que mais se agravou foi o do pai, o ex-deputado Léo Mendanha. Ele foi internado em Aparecida de Goiânia e, com o agravamento do quadro, transferido às pressas para São Paulo no último dia 21/3. Ele chegou a ter 90% do pulmão comprometido pela doença.

O pai do prefeito segue internado na capital paulista em estado grave, porém estável.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Criança de 3 anos sofre oito paradas e morre em Goiás por Covid-19

Publicados

em

Heloísa Alves da Mata era moradora de Anápolis. Deu entrada na UPA da cidade no dia 28 de março com sintomas de febre e dores abdominais

heloisa alves da mata, de apenas 3 anos, vítima de covid-19 em goiásReprodução

Goiânia – Heloísa Alves da Mata, de apenas três anos de idade, morreu em Goiânia nessa quinta-feira (8/4), depois de enfrentar complicações geradas pela Covid-19. Ela chegou a sofrer oito paradas cardiorrespiratórias.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis informou que Heloísa deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pediátrica no dia 28 de março, com sintomas de febre e dores abdominais.

O quadro se agravou e ela foi encaminhada para o Centro de Internação Norma Pizzari Gonçalves, também da cidade e onde ela ficou em um dos leitos da chamada sala vermelha, que acolhe casos mais críticos.

Heloísa sofreu as primeiras paradas cardiorrespiratórias, no local, indicando a necessidade de transferência para uma UTI pediátrica. A solicitação foi inserida no sistema estadual de regulação no dia 29 de março e ela foi transferida no dia seguinte.

A criança foi levada para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia, onde permaneceu internada até essa quinta-feira.

Leia Também:  Governo do Estado beneficia 1.104 famílias da região Noroeste de Goiânia com escrituras da casa própria

governador Ronaldo Caiado lamentou a morte da criança nas redes sociais. “A pequena Heloísa Alves da Mata, de apenas 3 anos, sofreu 8 paradas cardiorrespiratórias e morreu vítima da Covid-19, na última quinta, em Goiânia. Uma prova que o vírus não escolhe suas vítimas!”, escreveu.

Caiado aproveitou ainda para reforçar a necessidade de cuidado, diante do avanço da pandemia. “Não é momento de afrouxar os cuidados só porque já estamos vacinando. Só vamos vencer esse mal se todos fizerem sua parte. Recebam meu abraço e o de Gracinha (primeira-dama do estado). Que Deus conforte o coração de todos pela perda irreparável.”, expressou.

Vítima mais jovem de Anápolis

Até o fim desta semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis aguardava a chegada da certidão de óbito de Heloísa para inserir o caso nas estatísticas. Ela é a vítima mais jovem da Covid-19, na cidade, que já perdeu 949 pessoas nesse mais de um ano de pandemia.

O número de pessoas contaminadas pela doença, em Goiás, já ultrapassou o meio milhão (507.234). Desse grupo, 14.948 são crianças menores de 10 anos.

Leia Também:  Aprovada distribuição de remédios à base de maconha em Goiânia
Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA