BRASÍLIA

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Mãe e padrasto são presos após espancamento e morte de bebê

Se condenado, casal pode pegar até 16 anos de prisão Foto: Polícia Civil de Goiás

Menina só foi levada ao hospital um dia após as agressões

Nesta quarta-feira (15), a Polícia Civil de Goiás (PC-GO) prendeu a mãe e o padrasto de uma criança de três anos, pelo espancamento e pela morte dela. A vítima dos maus-tratos era uma menina, que morreu na madrugada da última terça-feira (14) em Trindade, região metropolitana de Goiás.

De acordo com os investigadores, a mãe da criança tem 23 anos e espancava a filha com o consentimento do padrasto, de 27 anos.

A delegada Silvana Nunes informou que a menina foi agredida a socos no último domingo (12), sofreu hemorragia interna e só foi levada para o médico na noite de segunda-feira (13), após alerta do padrasto.

A menina foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Trindade II, onde o casal alegou que ela teria caído em um parquinho. Mas um dos médicos que atendeu a criança apontou que as lesões no corpo da menina não condiziam com as de uma queda, ao que o casal mudou a versão e passou a dizer que o irmão da vítima, de seis anos, a teria agredido.

Leia Também:  Homem é preso por estuprar duas sobrinhas em Formosa (GO)

O médico acionou a Polícia Militar após a criança morrer, já durante a madrugada, devido a uma insuficiência respiratória. Ela chegou a ser intubada, mas não resistiu. O casal foi encaminhado para a delegacia de Trindade, onde a mãe confessou o espancamento.

– Ao final da entrevista com o casal, a mãe acabou por confessar que, no domingo, espancou a menina. Ela confessou que deu murros no abdome e nas costas na criança de três anos, alegando que estava corrigindo a menina porque era muito teimosa – relatou a delegada.

Silvana disse ainda que havia lesões antigas e recentes no corpo da criança, típico de casos em que há maus-tratos frequentes. A necrópsia revelou que lesões contundentes na região abdominal da menina provocaram o rompimento de veias intestinais. Também foram encontradas lesões no braço e na cabeça da vítima.

A mãe e o padrasto da criança estão presos, acusados de tortura qualificada resultando em morte e devem passar por audiência de custódia. Se condenados, poderão pegar de 8 a 16 anos.

Após o caso, o Conselho Tutelar ouviu o irmão da menina, que o casal citou como agressor da vítima, ao mudar a versão contada na UPA. O menino também possui lesões no braço e na cabeça e disse que apanhava sempre por ser “um menino teimoso”. Ele irá passar por atendimento psicológico, e o Conselho está a procura de um familiar que possa acolhê-lo.

Leia Também:  Covid-19: DF registra recorde de doses aplicadas em um único dia

Fonte: Pleno.News

COMENTE ABAIXO:

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Instituto de Identificação disponibiliza aplicativo RG Digital Go

Publicados

em

Por

O Instituto de Identificação da Polícia Civil do Estado de Goiás vem a público divulgar que já está disponível, nas lojas de aplicativos de celulares Android ou IOS, o aplicativo RG Digital Go.

Em uma ação inédita e visando sempre a inovação e a modernização de seus processos, o Governo de Goiás lança o app com o intuito de facilitar o acesso ao documento de identidade.

Funciona assim: o cidadão que possui RG em Goiás, emitido a partir de 2019, terá acesso a sua carteira de identidade com os mesmos dados disponíveis no documento impresso dentro do aplicativo; quem tiver via emitida até 2018 poderá solicitar uma nova via do documento nas unidades de Vapt-Vupt.

O aplicativo é gratuito, seguro e possui integridade e validade jurídica. Além de fornecer ao cidadão a opção de portar eletronicamente o documento de identidade, o software do RG Digital Go trabalha em conjunto com outros sistemas estaduais para garantir a troca de informações de maneira rápida e eficiente.

Também está disponível ao cidadão a solicitação da 2ª via do RG de forma simplificada. O documento emitido será uma reemissão e os dados permanecem os mesmos, logo, apenas a pessoa que teve o documento emitido nos últimos 3 anos poderá fazer o requerimento pela internet, acessando o site do Instituto de Identificação da PCGO: iivirtual.ssp.go.gov.br.

Leia Também:  Brasília: cúpula do Planetário será reaberta a partir de sábado (10)

O RG Simplificado tem como objetivo otimizar o tempo do cidadão que tem interesse de
solicitar a 2ª via do documento, sendo necessário ir ao Vapt-Vupt somente para retirar a Carteira de Identidade impressa na data agendada.

Policia Civil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.