BRASÍLIA

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Marília ajudaria a resgatar esperança do brasileiro após Covid, diz Caiado

Publicados

em

Foto: Agência Brasil

Ele afirmou que é um “momento muito difícil” para todos e destacou o sofrimentos das milhares de pessoas que foram ao local se despedir da artista

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou que Marília Mendonça ajudaria a recuperar “a esperança do povo brasileiro” após a pandemia de Covid-19.

A declaração foi dada pelo político ao sair do ginásio Goiânia Arena, onde o corpo da cantora está sendo velado.
“Nada melhor do que se nós tivéssemos ela agora, neste momento da pós-pandemia, para ela poder nos ajudar a resgatar a esperança do povo brasileiro”, afirmou Caiado.

Ele afirmou que é um “momento muito difícil” para todos e destacou o sofrimentos das milhares de pessoas que foram ao local se despedir da artista.

“Não tem palavras para explicar, é uma verdadeira comoção que nós estamos assistindo aqui no Goiânia Arena. As pessoas não acreditam, pensam que é um pesadelo e que isso tudo vai passar. Mas, infelizmente, foi uma fatalidade”, disse ele.

As portas do Goiânia Arena foram abertas para a despedida dos fãs às 13h40. Organizado em filas, o público passa junto aos caixões para se despedir e deixa a área em seguida, para evitar aglomerações.

Leia Também:  São Paulo supera Inter no Beira-Rio e vence primeira no Brasileiro

Familiares e outros artistas estão dentro do ginásio, numa área separada. O velório deve seguir aberto ao público até 16h30.

O enterro no cemitério Memorial Park, em Goiânia, às 17h30, será restrito à família.

Segundo a Cemig (Centro Energético de Minas Gerais), a aeronave atingiu um cabo de uma torre de distribuição antes de cair, em local inspecionado hoje pela Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos).

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Incêndio destrói parte de centro automotivo em Valparaíso (GO)

Avatar

Publicados

em

Um centro automotivo localizado às margens da BR-040, em Valparaíso (GO), pegou fogo na madrugada do último domingo (22/5). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), o fogo se alastrou na parte dos fundos do edifício, onde funcionava o setor administrativo e o mezanino — que era usado para estocar os pneus do estabelecimento. Não houve vítimas.

Ainda segundo a corporação, no momento do incêndio, havia cerca de 250 pneus armazenados no local. O Corpo de Bombeiros também informou que foi necessário realizar duas aberturas forçadas, uma para que a fumaça pudesse escoar do prédio e outra para acessar o centro automotivo e combater as chamas.

“Foi iniciado um ataque interno, rápido e preciso, no foco principal, que forçou o confinamento do incêndio na área inicial. Juntamente com o avanço da linha principal de ataque foi realizado outro ataque indireto, culminando com a extinção do incêndio em parte considerável do estoque de pneus”, informou, em nota, a corporação.

Em relação aos danos causados, a corporação informou que a estrutura que sustentava o telhado do estabelecimento ficou bastante danificada, por conta dos efeitos do calor. Além disso, segundo os bombeiros, o setor administrativo foi totalmente destruído e cerca de 30 pneus do estoque foram queimados. “Foram preservados o restante dos equipamentos do centro automotivo”, destacou a nota.

Leia Também:  Novo sistema vai permitir abrir uma empresa em até duas horas

O Corpo de Bombeiros Militar do Goiás (CBMGO) ajudou no combate ao incêndio, além de orientar o gerente do estabelecimento, de 34 anos, que se dirigisse ao quartel de dos Bombeiros de Luziânia para solicitar a perícia, que vai determinar as causas das chamas.

Fonte: Correio Braziliense

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?