BRASÍLIA

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Mulher de dono de cartório é suspeita de encomendar crime

Publicados

em

Mulher de dono de cartório achado morto é presa por ser suspeita de encomendar crime (imagem ilustrativa) Foto: Pexels

Viúva foi presa nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (30), a Polícia Civil prendeu a esposa de um dono de cartório que foi sequestrado e achado morto em Rubiataba (GO). De acordo com as autoridades, ela é suspeita de encomendar o crime para ficar com os bens do casal e o dinheiro do seguro de vida. As informações sã0 do portal G1.

As investigações também buscam esclarecer se a mulher tinha um amante que poderia ter ajudado a planejar o crime.

Outras três pessoas já tinham sido presas: um homem suspeito de ter fornecido a arma usada no homicídio; outro suspeito de atirar no dono do cartório; e um terceiro, que teria dirigido o carro usado no crime.

O delegado Marcos Adorno revelou que há suspeita do envolvimento de mais duas pessoas.

– As investigações apontam que os executores materiais, os que atiraram, fugiram do local do crime, teriam sido contratados por outra pessoa, o cabeça dessa empreitada [que ainda não foi encontrado]. Esse chefe teria sido contratado por uma intermediária da esposa.

Leia Também:  Construção civil e serviços oferecem 80 oportunidades de trabalho no DF

O corpo de Luiz Fernando Alves Chaves, de 40 anos, foi encontrado por volta das 4h30 desta quarta-feira (29), a 18 quilômetros de Rubiataba. Dois homens foram presos e confessaram o crime informalmente.

De acordo com a Polícia Civil, Luiz Fernando foi sequestrado dentro de casa, na noite de terça (28), e foi levado à força dentro do próprio carro. Ele foi morto dentro do veículo pouco tempo depois.

Fonte: Pleno.News

COMENTE ABAIXO:

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Homem armado faz ameaça em elevador, em Caldas Novas; veja vídeo

Publicados

em

Por

No vídeo é possível identificar um homem de camisa vermelha e um outro careca, além de uma mulher, um adolescente e a criança

Na última sexta-feira, 7, um homem que portava uma arma fez ameaças dentro de um elevador residencial, em Caldas Novas. Uma criança de 5 anos estava no mesmo ambiente. A cena foi gravada pelas câmeras de segurança do elevador.

A situação ocorreu durante uma discussão sobre a quantidade de pessoas que estavam dentro do elevador.

O caso foi registrado na Polícia Civil como ameaça e será investigado. O nome dos envolvidos não foi divulgado.

No vídeo é possível identificar um homem de camisa vermelha e um outro careca, além de uma mulher, um adolescente e a criança. A mulher e o homem de camisa vermelha aparentam discutir quanto ao número de pessoas permitidas no elevador devido as medidas de prevenção contra a Covid-19.

Próximo ao 2º andar, o homem careca avança sobre o outro, apontando uma arma no rosto do rapaz. O ameaçado levanta as mãos demonstrando não ter interesse em reagir.

Leia Também:  Vacinação segue em Valparaíso de Goiás

O homem, a mulher e o adolescente deixam o elevador logo em seguida.

Discussão

De acordo com o registro, a vítima já estava no elevador quando outras três pessoas entraram. O ameaçado afirmou que questionou o motivo dos três terem entrado, já que só deveria ter quatros ocupantes.

Ainda segundo o relato, a mulher disse que entrou porque a capacidade máxima era de oito pessoas. O ameaçado contou aos policiais que disse a ela “Você é mal educada, pois estamos diante de uma pandemia”.

Conforme o documento, logo após o homem careca e vestido de preto agarrou o ameaçado, sacou a arma e apontou em seu peito e disse “Respeita minha mulher, quem você pensa que é? Está pensando que você está falando com quem?’”.

Não consta no registro se algum suspeito foi identificado ou preso.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.