BRASÍLIA

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Pit-bull vegana de Dolabella ataca vizinhos em GO: “Sem carne há anos”

Publicados

em

O caso de porte ilegal de drogas envolvendo o cantor e ator Dado Dolabella e uma agressão sofrida por ele em São João D’Aliança, distrito de Alto Paraíso, na Chapada dos Veadeiros (GO), são apenas dois dos episódios polêmicos que cercam o artista. Vizinhos que moram no mesmo condomínio do ex-global o acusaram de deixar uma cadela da raça pit-bull solta na região. O animal teria atacado moradores, animais silvestres e motociclistas da cidade.

Segundo vizinhos do ator, a cadela, batizada de Mocka, é rotineiramente deixada “solta na natureza”, contrariando as regras ambientais do Morro da Baleia, conhecido paraíso ecológico da Chapada. O caso ganhou repercussão após, preocupados, moradores da cidade comentarem sobre a rotina da cachorra em um grupo no WhatsApp.

O ator chegou a responder aos moradores, enviando mensagens de áudio. Nelas, Dado justifica que Mocka é um cão é extremamente dócil e, inclusive, seria vegana. “Ela nunca atacou ninguém e jamais ocorreu qualquer episódio semelhante. Ela é vegana e não come carne há seis anos. De qualquer forma eu peço perdão e esse tipo de coisa não voltará a acontecer”, disse o ator.

Fuga da blitz

A mais recente polêmica envolvendo Dado envolve uma ocorrência policial. Flagrado com porções de maconha, o ator chegou fugiu de uma abordagem antes de ter os entorpecentes apreendidos pela Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO). A história foi revelada pelo Metrópoles. E a coluna teve acesso aos detalhes do caso, registrado em 21 de março deste ano.

Leia Também:  Crimes à espera de resposta

O artista estava em um Kia Sportage de cor preta quando furou um bloqueio da PM na GO-118. As equipes, então, passaram a realizar patrulhamento em busca do veículo suspeito. Uma das equipes localizou Dado Dolabella, com o carro, nas proximidades do Km 80. Durante a abordagem, os militares localizaram uma mochila embaixo do banco traseiro. Ao abrir a bolsa, a guarnição identificou duas embalagens transparentes contendo maconha.

Ao ser questionado, o cantor confirmou ser dono do entorpecente e afirmou que pretendia extrair o óleo da substância para usar no tratamento de saúde do filho. Ele também estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida.

Dolabella precisou assinar um Termo Circunstanciado, procedimento relacionado a crimes de menor potencial ofensivo, feito pela própria PMGO. O artista foi liberado após firmar o compromisso de comparecer em audiência quando intimado pela Justiça. A maconha apreendida foi enviada para perícia na Polícia Civil Goiana (PCGO).

A coluna apurou que, mesmo morando há poucos meses na pacata cidade, o ator já havia se envolvido em outra confusão que acabou na delegacia. Em 4 de abril, Dolabella procurou a Polícia Civil para registrar ocorrência após ser alvo de agressão. De acordo com o boletim, o cantor recebeu uma paulada nas costas quando estava em uma praça da cidade. Ele contou aos agentes que não conseguiu identificar quem havia agredido ele.

Leia Também:  O Governo de Goiás libera quase R$ 70 milhões em crédito para micro e pequenas empresas

Mudança para a Chapada

Dado viajou a Alto Paraíso, em dezembro de 2021, para um workshop de imersão no tantra. Desde então, o ator decidiu se mudar para a cidade, que fica no meio da natureza e é cercada por árvores, montanhas e cachoeiras.

Fugir da aceleração do tempo na cidade grande foi um dos principais pontos que pesaram na decisão do artista. “Não me sentia mais fluindo em uma selva de pedra, onde o ritmo frenético é ditado pelo capital. Precisava de mais vida para me sentir mais vivo, definitivamente”, contou ele, relatando cada detalhe da nova dinâmica.

“Na cidade grande, jamais tive o privilégio de o meu relógio biológico estar 100% sincronizado com o da natureza. Acordar com o show das araras, dos periquitos, dos passarinhos, dos tucanos, fluindo ao som das águas, às 5h30, para contemplar toda a beleza e o esplendor que é o nascer de um novo dia. Poder beber a água que sai de qualquer torneira, sem medo, ciente de que estou me nutrindo de pura vida, sem flúor, cloro, alumínio e vários outros metais pesados. Todo dia. Não tem preço”, escreveu em uma rede social.

Fonte: Metrópoles

COMENTE ABAIXO:

NOTÍCIAS DO ENTORNO

Incêndio destrói parte de centro automotivo em Valparaíso (GO)

Avatar

Publicados

em

Um centro automotivo localizado às margens da BR-040, em Valparaíso (GO), pegou fogo na madrugada do último domingo (22/5). De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), o fogo se alastrou na parte dos fundos do edifício, onde funcionava o setor administrativo e o mezanino — que era usado para estocar os pneus do estabelecimento. Não houve vítimas.

Ainda segundo a corporação, no momento do incêndio, havia cerca de 250 pneus armazenados no local. O Corpo de Bombeiros também informou que foi necessário realizar duas aberturas forçadas, uma para que a fumaça pudesse escoar do prédio e outra para acessar o centro automotivo e combater as chamas.

“Foi iniciado um ataque interno, rápido e preciso, no foco principal, que forçou o confinamento do incêndio na área inicial. Juntamente com o avanço da linha principal de ataque foi realizado outro ataque indireto, culminando com a extinção do incêndio em parte considerável do estoque de pneus”, informou, em nota, a corporação.

Em relação aos danos causados, a corporação informou que a estrutura que sustentava o telhado do estabelecimento ficou bastante danificada, por conta dos efeitos do calor. Além disso, segundo os bombeiros, o setor administrativo foi totalmente destruído e cerca de 30 pneus do estoque foram queimados. “Foram preservados o restante dos equipamentos do centro automotivo”, destacou a nota.

Leia Também:  PF faz, no Entorno, a maior apreensão de maconha do ano: 620 kg

O Corpo de Bombeiros Militar do Goiás (CBMGO) ajudou no combate ao incêndio, além de orientar o gerente do estabelecimento, de 34 anos, que se dirigisse ao quartel de dos Bombeiros de Luziânia para solicitar a perícia, que vai determinar as causas das chamas.

Fonte: Correio Braziliense

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?