BRASÍLIA

OPINIÃO

Esqueceram onde estávamos há apenas 6 anos?

Publicados

em

Em 2014, fomos às ruas para tentar derrubar a tresloucada Dilma…votando no Aécio. Sim, o Aécio, o cara que era chefe de quase todo o esquema de corrupção, traficante e drogado, mancomunado com o PT e com todo o lixo que nos governou durante os últimos 30 anos. Um cara que havia tirado foto com Fidel Castro 30 anos antes.

Nós éramos completamente cegos e ignorantes. Éramos escravos do sistema e nem sabíamos que havia um sistema!

Para nós, Olavo de Carvalho era um desconhecido, Eneas Carneiro era um louco, e Bolsonaro era um deputado nervosinho. Confiávamos na Rede Globo e batíamos palmas para artistas sem talento comprarem apartamento em Paris, com nosso dinheiro.

Em apenas 6 anos (6 e não 60):

– tiramos uma débil mental e ex-terrorista do poder
– prendemos um semi-analfabeto corrupto e seu bando
– elegemos o primeiro Presidente de direita dos 500 anos do Brasil
– aprendemos a saber mais de política do que de futebol
– esvaziamos as plateias de artistas comunistas e sem talento
– nosso Paulo Guedes foi eleito o melhor Ministro da Fazenda do mundo de 2019
– demos uma banana para Cuba e Venezuela e nos aliamos a EUA e Israel
– quebramos a espinha dorsal de um sistema de ensino que criava zumbis esquerdistas
– boicotamos uma das mais influentes emissoras de TV do mundo
– identificamos quem são Maia e Alcolumbre
– identificamos um juiz infiltrado, vaidoso e traidor
– tivemos o prazer de aprender com um ministro da Educacao que os 11 do STF não passam de bandidos com toga.

Leia Também:  A que ponto chegamos: Perdemos a qualidade musical em letras como "Canata Azul"

Você acha que enterraremos um sistema todo em 6 anos???

Claro que não! Mas estamos mais fortes e mais lúcidos do que nunca estivemos.

Se for para desanimar, então desanime sozinho e não me chame.

Desistir, nunca! Render-se, jamais!

Por tudo o que passou (e passa) Bolsonaro, apostando até sua vida por nós, o mínimo que devemos fazer é ter a decência de lutar com toda a força e coragem que tivermos.

Bolsonaro é um paranóico?
Eu também sou.

Só os paranóicos sobrevivem.

F. DGM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

OPINIÃO

Imagem e Credibilidade

Publicados

em

Imagem e Credibilidade #063 – Biden no lugar de Trump. A esperança da vacina. A grande ficha está caindo e isso impacta no Brasil?

Os primeiros dias após a posse de Joe Biden nos Estados Unidos já apontam para mudanças de discursos e comportamentos que não apenas impactarão por lá, mas em todo o mundo

Os primeiros dias após a posse de Joe Biden nos Estados Unidos já apontam para mudanças de discursos e comportamentos que não apenas impactarão por lá, mas em todo o mundo. No Brasil, não será diferente. A covid-19 parece ter feito com que, afinal, tenha caído a grande ficha no planeta, revendo conceitos e certezas. No Brasil, os erros de avaliação cobram seu preço no momento em que corremos atrás dos imunizantes e vemos o recrudescimento da doença. Ameaçando o presidente Jair Bolsonaro e impactando na disputa que acontece pelos comandos da Câmara e do Senado. Para tratar desses temas e das suas associações, o podcast Imagem&Credibilidade/Jornal de Brasília desta semana traz como convidado o cientista político André César, da Hold Assessoria. Com Alexandre Jardim e Rudolfo Lago.

Leia Também:  A rainha, as cigarras, o canto e o sexo escandaloso no Plano Piloto
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA