Renato Riella: Aumento dos juros nos EUA e Brasil impacta economia

Há expectativa hoje sobre reunião do Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve – Fed), que deve anunciar mais uma alta de juros no país, podendo influir na decisão sobre os juros oficiais no Brasil, que sai depois dessa definição norte-americana.

Segundo especialistas internacionais, a alta dos juros nos EUA deve ficar em mais 0,5%. No acumulado, espera-se que a taxa de juros norte-americana termine o ano entre 3 e 4% – a mais alta desde o ano 2000.

No Brasil, o dia também terá anúncios que afetarão a economia. O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) anunciará a revisão da taxa básica de juros (Selic), que atualmente está em 11,75%.

A expectativa é de acréscimo de um ponto percentual, mas teme-se surpresa, diante do incremento da inflação no Brasil e da alta dos juros nos EUA.

INDÚSTRIA – Produção industrial brasileira aumentou 0,3% em março, após alta de 0,7% apurada em fevereiro, segundo o IBGE.
Primeiro trimestre de 2022 fechou com queda de 0,4%.

A atividade industrial com mais influência positiva no mês de março foi veículos automotores, reboques e carrocerias, com crescimento de 6,9%. O setor marca o segundo mês de expansão.

VEÍCULOS – Vendas de veículos automotores novos tiveram queda de 6,07% em abril, no Brasil, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Foram comercializados 270.560 veículos, ante 288.045 em abril de 2021.

Em comparação com março último, o declínio foi menor, de 1,11%. Já no acumulado do ano (de janeiro a abril), as vendas somam 996.900 unidades, 7,18% a menos do que o registrado no mesmo período do ano passado.

Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).
Tem havido recuperação gradativa nos emplacamentos, agora com retração de 7% em relação ao ano passado.

Comercialização de caminhões caiu em abril: as vendas foram 4,4% menores do que o registrado no mesmo mês de 2021. Em relação a março de 2022, a queda foi de 7,4%. No acumulado do ano, a retração foi de 1,57%.

UM TRILHÃO – Contribuintes brasileiros já desembolsaram mais de R$ 1 trilhão para o pagamento de impostos aos governos federal, estaduais e municipais, somente nos primeiros cinco meses deste ano.
É o que demonstra o Impostômetro divulgado pela Associação Comercial de São Paulo.

Leia Também:  Claudio Humberto: Bolsonaro virou nas faixas de 25 a 59 anos em SP

DANIEL – Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, multou o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ) em R$ 405 mil, pelo descumprimento do monitoramento por tornozeleira eletrônica. Determinou o bloqueio das contas bancárias do deputado, com desconto no salário a ser feito pela Câmara dos Deputados.

Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal para que o deputado Daniel Silveira seja obrigado a usar tornozeleira eletrônica, mesmo estando solto por força do indulto presidencial.

PACIFICAÇÃO – Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, visitou o presidente do Supremo Tribunal, Luiz Fux, numa tentativa de pacificação entre os três Poderes.
Sobre o caso do Daniel Silveira, Pacheco reforçou a posição de que a cassação do mandato ficará a critério do Poder Legislativo.

O presidente do Senado acena com mudança na lei do indulto, mas a Câmara Federal já indicou que esse projeto não será aprovado.

O Ministro Luiz Fux recebeu também o Ministro da Defesa, General Paulo Sérgio Nogueira, que deu declaração formal ao final do encontro.

Disse que as “Forças Armadas estão comprometidas com a democracia brasileira, e que os militares atuarão, no âmbito de suas competências, para que o processo eleitoral transcorra normalmente e sem incidentes”.

GUERRA – Os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da França, Emmanuel Macron, falaram por telefone, sem avanço numa possível negociação para acabar a guerra com a Ucrânia.

De acordo com o governo russo, os estados-membros da União Europeia desconhecem os “crimes de guerra das forças de segurança ucranianas, bombardeios maciços de cidades e vilas de Donbass, com resultados como morte de civis”.

Putin preveniu que os países do Ocidente deveriam parar de enviar armas para a Ucrânia, fato que poderá gerar consequências mais graves.

Macron expressou preocupação com a falta de alimentos no mundo. Disse estar disposto a fazer articulações internacionais para levantar embargos russos à exportação de mantimentos ucranianos no Mar Negro.

O Presidente Putin assinou sanções econômicas retaliatórias sobre países adversários, em resposta às “ações hostis de certos Estados estrangeiros e organizações internacionais”.

CRÉDITOS – Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e Receita Federal lançaram edital de transação tributária para negociar até R$ 150 bilhões em créditos disputados pelo Governo e contribuintes.

Leia Também:  Daniel Silveira será titular na CCJ, a mais importante da Câmara

A medida permite a negociação de créditos tributários que estejam em disputa na Justiça ou em órgãos administrativos envolvendo a União e o contribuinte.
A modalidade possibilita também negociar as dívidas envolvendo os tributos pagos sobre os ágios.

TÍTULOS – Termina hoje o prazo para que jovens de 15 a 18 anos emitam o título de eleitor em 2022. Cerca de 3,8 milhões de brasileiros têm entre 15 e 19 anos.
Ontem, o site do Tribunal Superior Eleitoral continuou operando com deficiência. Em diversas cidades surgiram reclamações sobre problemas no atendimento na Justiça Eleitoral.

No Congresso, surgem apelos para que o prazo de regularização de títulos seja prorrogado.

DENGUE – Brasil registrou aumento de 113,7% nos casos prováveis de dengue até abril deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado.
Segundo boletim do Ministério da Saúde, foram 542.038 casos prováveis, entre a 1ª e a 16ª semana epidemiológica, período compreendido entre 2 de janeiro e 23 de abril de 2022.

Centro-Oeste apresentou a maior taxa de incidência de dengue, com 920,4 casos por 100 mil habitantes, seguida das regiões Sul (427,2 casos/100 mil habitantes), Sudeste (188,3 casos/100 mil habitantes), Norte (154 casos/100 mil habitantes) e Nordeste (105 casos/100 mil habitantes).

BRASIL – No Brasil, média de mortes pela Covid-19 chega a 118/dia.
Ontem, registrados 92 óbitos, elevando o total a 663.999.

PROUNI – Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória que permite a oferta de bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni) a alunos que estudaram em escolas particulares sem bolsa de estudos. A matéria segue para sanção presidencial.

AGENDA – Presidente Bolsonaro participa hoje, às 17h, no Palácio do Planalto, da cerimônia de novas entregas do Programa Renda e Oportunidade.
É uma iniciativa do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), visando alavancar a retomada do emprego e da economia no país.

ECONOMIA – Dólar fechou ontem com queda expressiva de 2,14% – a maior desde dezembro de 2021 – e foi cotado a R$ 4,9625.
Índice Ibovespa, da Bolsa de Valores, caiu 0,1%, atingindo 106.528 pontos – terceira baixa seguida.
Por RENATO RIELLA

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?