BRASÍLIA

PAPO RETO

Renato Riella: Óbitos pela Covid chegam a 600 mil, mas média diária cai para 500

O Brasil deve registrar hoje a marca simbólica de 600 mil óbitos resultantes da Covid-19, mas a Fiocruz registra forte queda desse índice, atualmente na média de 500 casos por dia. Em abril deste ano, foram notificados mais de 3 mil óbitos diários, número que caiu principalmente em função da ampla vacinação.

O Boletim Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra também equilíbrio na taxa de ocupação de leitos de UTI para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS), que saiu da condição crítica.

Ontem, o total de óbitos no Brasil chegou a 599.810 óbitos, com o registro de 451 óbitos nas últimas 24 horas.

Os pesquisadores da Fiocruz previnem que a população deve continuar usando máscara e mantendo as demais medidas preventivas.

O boletim da Fiocruz informa que, na maioria dos estados, as taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 apresentam índices inferiores a 50%.

 

VACINAÇÃO – São 97.212.008 brasileiros que já tomaram a segunda dose ou dose única contra a Covid-19, o que corresponde a 45,57% da população.

Os que tomaram a primeira dose são 148.856.842 pessoas (69,78%).

A dose de reforço foi aplicada em 1.954.584 pessoas (0,92%).

 

CFM – Presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Mauro Luiz de Britto, reagiu ao anúncio do relator da CPI da Covid, Renan Calheiros, de que a Comissão de Inquérito passaria a investigar o chefe do Conselho.

Leia Também:  Deputado Sardinha: Inclusão e acessibilidade de pessoas cegas no sistema educacional do Brasil

Em nota, Mauro acusou a CPI de “dar palanque” a detratores do CFM.

Ele reafirmou o argumento da liberdade do médico, conforme a orientação mantida pela CFM desde o início da pandemia no caso de possível tratamento precoce contra a Covid-19.

FACULTATIVO – Na segunda-feira (11), antes do feriado do dia 12, haverá ponto facultativo no Governo Federal.

 

SHOWMÍCIOS – Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter a proibição de artistas em comícios e reuniões de candidatos, popularmente conhecido como “showmícios“, para as eleições de 2022.

No entanto, o STF votou a favor da liberação de artistas em eventos de arrecadação de fundos para as campanhas eleitorais no próximo pleito, situação que ainda carece de melhor entendimento e deve ser esclarecida pela Justiça Eleitoral. 

 

PROPAGANDA – Câmara dos Deputados aprovou projeto do Senado que retoma a propaganda partidária gratuita em rádio e televisão, condicionada ao cumprimento da cláusula de desempenho. Proposta volta para análise do Senado.

Pelo texto, em cada semestre, o partido que cumprir a cláusula de desempenho da Emenda Constitucional 97/17 contará com tempos totais de 5, 10 ou 20 minutos, sempre em inserções de 30 segundos.

Leia Também:  Deputado Daniel Dinizet recebe Eugênio Piedade presidente do CDDF

A cláusula de desempenho estipula que somente terão direito ao dinheiro do Fundo Partidário e ao acesso gratuito ao rádio e à televisão os partidos com um mínimo de votos distribuídos por 1/3 dos estados ou um número mínimo de deputados federais, também distribuídos por um 1/3 dos estados.

 

ABSORVENTES – Presidente Bolsonaro vetou a distribuição gratuita de absorventes para mulheres de baixa renda, medida prevista no Projeto de Lei 4968, de 2019, que foi aprovado pelo Congresso.

Bolsonaro sancionou a criação de um Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual com uma “estratégia” para a “promoção da saúde e atenção à higiene feminina”. Não se sabe ainda como se desenvolverá esta ação.

 

HORÁRIO – Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou que o Brasil não terá horário de verão agora, nem nos próximos anos.

Ele disse que não há risco de haver racionamento ou apagão.

 

ECONOMIA – Dólar voltou a subir, fechando ontem a R$ 5,517, com alta de 0,57%.

Índice Ibovespa, da Bolsa de Valores, fechou aos 110.585 pontos, subindo somente 0,02%.

Por RENATO RIELLA

COMENTE ABAIXO:

PAPO RETO

Claudio Humberto: Precatórios respeitarão teto de gastos, avisa Lira

Publicados

em

Por

O pagamento dos precatórios já foi tema de reunião entre Lira, o ministro Paulo Guedes (Economia) e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado. Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

Além da votação da proposta de emenda constitucional (PEC), que muda a composição do CNMP, conselho nacional que é o órgão de controle externo do ministério público, a Câmara deve votar (e aprovar) esta semana a proposta que regulamenta o pagamento de precatórios. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirma que toda decisão judicial deve ser cumprida, “mas precisa respeitar o teto de gastos”.

Texto fechado

De acordo com Lira, o texto está consolidado “e houve um bom entendimento sobre a previsibilidade desses pagamentos”.

Acordo

O pagamento dos precatórios já foi tema de reunião entre Lira, o ministro Paulo Guedes (Economia) e Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

Proposta

A ideia é que a União seja obrigada a pagar, em 2022, apenas R$ 39 bilhões dos R$ 89 bilhões que deve em precatórios.

Sem calote

A diferença de R$50 bilhões seria negociada diretamente entre credores e governo, o que possibilitaria encontro de contas, compensações etc.

Distribuidoras nunca se conformaram com a criação de facilidades para consumidores instalarem painéis de energia fotovoltaica

Energia solar vence lobby bilionário e cresce 1085%

A geração de energia solar própria em residências, comércios, indústrias, produtores rurais etc venceu lobby bilionário de distribuidoras de energia e donos das poderosas termelétricas para crescer incríveis 1085% desde 2018, superando 7000 megawatts de capacidade instalada. Segundo a Absolar, esse conjunto de sistemas fotovoltaicos já tem capacidade de gerar metade da energia produzida em Itaipu, maior hidrelétrica do país.

Leia Também:  Mudança de horário de shoppings deve beneficiar comércio

Sem freio

A potência instalada no Brasil fechou 2018 com 592,2 megawatts. Em 2019, já eram 2125,7 e 4782,7 em 2020. Até setembro subiram a 7018,1.

Potencial gigantesco

Apesar do crescimento espantoso, apenas 0,8% dos 88 milhões de consumidores de energia do país usam o sol para produzir eletricidade.

Melhor consequência

Para Ronaldo Koloszuk, presidente do conselho da Absolar, a energia solar reduz o “uso de termelétricas fósseis, mais caras e poluentes”.

Poder sem Pudor

Falta de memória

Jânio Quadros percorria o País, na campanha presidencial de 1960, a bordo de um avião Convair e sempre na companhia do vice, Milton Campos. Dono de uma memória prodigiosa, Jânio repetia o mesmo discurso em todos os comícios, sublinhados por gestos teatrais. O vice, ao contrário, sempre mudava o tema. Certa vez em Governador Valadares (MG) Jânio o elogiou: “Dr. Milton, que maravilha! Um discurso para cada comício. Que cultura!” Campos respondeu, modesto: “Não é cultura, é falta de memória mesmo.”

Tantos assim?

É preciso somar ao menos 308 votos na Câmara, em dois turnos, para a aprovar proposta de emenda constitucional (PEC). Há apostas indicando que a PEC que muda o CNMP será aprovada com mais de 400 votos.

Só vale o volume

A CPI da Pandemia acumulou mais de 4 milhões de arquivos digitais, totalizando 9,4 terabytes de informação, segundo o Senado. Inclui propaganda da Havan e conversas privadas entre médicos e pacientes.

Veto a evangélicos

Ao citar o elogiado currículo do presbiteriano André Mendonça, o deputado Marco Feliciano (PL-SP) sustentou que é de natureza religiosa a perseguição de Davi Alcolumbre. Para ele, o veto é aos evangélicos.

Leia Também:  A ética da responsabilidade como atributo do estadista

Ficou caro demais

O Congresso precisa se empenhar mais, para justificar o que custa ao País. De acordo com o último estudo da ONU, cada um dos 594 parlamentares custa R$41 milhões por ano aos pagadores de impostos.

Frase do dia

Não há surpresa, apenas uma triste constatação

Senador Marcos Rogério, para quem o relatório da CPI tem pré-julgamentos e não fatos

Pessoas importam

Reclamando de perda de receita com o projeto que reduz o preço dos combustíveis, gestores municipais e estaduais demonstram não perder o sono com a queda de “arrecadação” dos cidadãos que os elegeram.

Sonho americano

A reabertura das fronteiras dos EUA animou muitos empreendedores brasileiros a retomar planos de investimento lá. Para o gestor Leandro Sobrinho, os EUA são uma das opções preferidas pela pouca burocracia.

Sucesso

O Brasil já aplicou ao menos uma vacina contra a Covid em 156 milhões de habitantes, e 23 dos 27 Estados já vacinaram mais de 60% de suas populações. São Paulo é o líder, com mais de 82%.

Luz para a plateia

Para “conscientizar a sociedade” sobre o Dia Mundial da Alimentação, haverá projeção de imagens no Congresso, em Brasília. Faria melhor se aprovassem projetos de segurança alimentar para brasileiros pobres.

Pensando bem…

…se você acha que essa CPI foi ruim, é porque não viu a próxima.

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.