BRASÍLIA

POLICIAL

Homem mata colegas de trabalho e come os restos mortais das vítimas

Publicados

em

Eduard Seleznev, de 51 anos, admitiu ter esfaqueado até a morte seus três colegas de trabalho que tinham 59, 43 e 34 anos de idade, e depois comer partes dos corpos das vítimas

Um assassino foi condenado à prisão perpétua na Rússia por assassinar e comer os restos mortais das vítimas entre março de 2016 e março de 2017, de acordo com o Daily Mail.

Eduard Seleznev, de 51 anos, admitiu ter esfaqueado até a morte seus três colegas de trabalho que tinham 59, 43 e 34 anos de idade, e depois comer partes dos corpos das vítimas.

De acordo com o Daily Mail, o crime teria ocorrido após Seleznev dizer que ouviu vozes em sua cabeça pedindo para matar os colegas enquanto todos se alcoolizavam. Quando as vítimas dormiram, o homem os atacou, selecionou algumas partes do corpo para comer e jogou o restante no lixo.

Após o crime, o russo ainda se mudou para o apartamento de uma das vítimas e disse à família que o rapaz tinha viajado. Os parentes dos outros mortos, no entanto, não questionaram Seleznev.

Leia Também:  PMDF apreende foragido da Papuda na Ceilândia

Após as investigações, os policiais encontraram sacos com cadáveres, mas não conseguiram identificá-los devido ao estágio avançado de decomposição.

Psiquiatras declararam que Seleznov é integralmente responsável pelos crimes, e o juiz o decretou culpado pelos crimes de assassinato e uso indevido de partes do corpo humano.

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Mulher que esfaqueou marido no DF é presa por homicídio qualificado

Publicados

em

Inicialmente, ela alegou legítima defesa, afirmando que o companheiro teria praticado violência doméstica. A investigação desmentiu a versão

Divulgação/PCDF

Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu nesta sexta-feira (26/2) a mulher de 25 anos que esfaqueou o marido em Ceilândia, em 15 de fevereiro.

O mandado de prisão temporária foi expedido pelo Tribunal de Júri de Ceilândia pelo crime de homicídio qualificado. A investigada deu três facadas nas costas do marido, Renan de Araújo Ferreira.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PM desmonta escritório do tráfico em apartamento residencial no Paranoá
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA