BRASÍLIA

POLICIAL

MP investiga policial militar que ameaçou aluno de escola pública do DF

Publicados

em

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e a Câmara Legislativa (CLDF) cobraram providências do governo do DF após um policial militar dizer que iria “arrebentar” um aluno dentro do Centro Educacional (CED) 1, na região da Estrutural. A escola tem gestão compartilhada com a Polícia Militar (PMDF), e a ameaça foi gravada.

O MP investiga o caso e diz que “está atento para garantir o funcionamento adequado das escolas de gestão compartilhada com a PMDF”. Nesta segunda-feira (9), a Comissão de Direitos Humanos da CLDF enviou um ofício para a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, pedindo providências em um prazo de 30 dias.

COMENTE ABAIXO:

POLICIAL

Procon-DF interdita lojas de pneus que enganavam clientes ao relatar problemas que não existiam

Avatar

Publicados

em

O Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF) interditou, nesta terça-feira (24), duas lojas de pneus em Brasília após denúncias de clientes. De acordo com o órgão, os estabelecimentos alegavam problemas inexistentes nos veículos para cobrar serviços extras aos consumidores.

O Procon informou que, ao todo, recebeu 26 reclamações contra as lojas, que ficam na 506 Norte e na 510 Sul. Além disso, segundo o órgão, houve denúncias contra os estabelecimentos na Polícia Civil.

O Procon identificou que a loja aplicava preços diferentes para os mesmos serviços, a depender do perfil do cliente. “Na maioria das vezes, eles não realizam esses serviços extras que foram cobrados, até porque os veículos sequer tinham, de fato, os problemas apontados”, informou o órgão.

Em um dos casos, por exemplo, os fiscais encontraram uma ordem de serviço no valor de R$ 20 mil para um Celta. Segundo o Procon, no entanto, o total é praticamente o valor do automóvel.

Fiscais do Procon-DF interditam loja de pneu — Foto: Procon-DF/Reprodução

O órgão informou que, agora, as lojas ficarão com as atividades interditadas por tempo indeterminado. O prazo para que o estabelecimento apresente uma defesa é de 10 dias. O Procon, no entanto, não divulgou o nome dos empreendimentos.

Leia Também:  Em motel com coronel da PMDF, rapaz atira até descarregar pistola

Fonte: G1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?
ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?