Mulher é agredida por homem no portão de casa após ser acusada de bater em carro, no DF

Uma mulher de 42 anos foi agredida e ameaçada por um desconhecido, por volta das 12h30 desta quarta-feira (29), na QNL 5 de Taguatinga, no Distrito Federal. Segundo a vítima, ela tinha acabado de chegar em casa após buscar o filho na escola, quando foi chamada pelo homem que a acusava de ter “encostado” no veículo da esposa dele.

A câmera de segurança de uma das casas gravou o momento em que o agressor segurou a moradora pela roupa e a puxou contra o portão de ferro, por várias vezes. A vítima, que preferiu não divulgar a identidade, teve ferimentos nos braços e nas mãos, além de roupas rasgadas.

Segundo a mulher, a violência ocorreu após ela negar ao desconhecido que tivesse batido em algum veículo e mostrar que o carro dela “não tinha nenhum arranhão”.

“Eu falei: moço, como é que eu bati no seu carro? Se eu tivesse batido, eu teria percebido”, contou à TV Globo. Ela procurou a 12ª DP (Taguatinga), onde registrou boletim de ocorrência e, sem seguida, passou por exames no Instituto de Medicina Legal (IML).

Leia Também:  Grave acidente deixa quatro pessoas feridas na DF-345

“Se eu tivesse aberto o portão para ele, estaria muito mais machucada. Estou toda machucada das grades aqui do portão, da violência que ele me puxou e sacudiu. Até quebrou o ímã do portão, de tanto que ele sacudiu e de tanta força que ele fez”, diz.

 

A moradora afirma que o homem só foi embora após ela dizer que ele estava sendo filmado. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Quer receber as notícias em
primeira mão?

TODOS OS DADOS SÃO PROTEGIDOS CONFORME A LEI GERAL DE
PROTEÇÃO DE DADOS (LGPD).

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?