PF vê ‘fortes indícios’ de que Pelado e irmão estão envolvidos em desaparecimento

Relatório sobre as investigações do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips foi enviado ao ministro Barroso.

Relatório da Polícia Federal sobre as investigações no Vale do Javari indica que o irmão de Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, teve participação direta no desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, diz O Globo.

Oseney da Costa Oliveira, conhecido como “Dos Santos”, é irmão de Pelado e foi detido ontem em Atalaia do Norte, no Amazonas. Segundo o jornal, no documento de 38 páginas, os investigadores dizem que as informações obtidas até o momento “permitem inferir a presença de fortes elementos indiciários” da participação dos irmãos no caso.

O relatório da PF enviado ao ministro do STF Luís Roberto Barroso também mostra trechos de depoimentos de Pelado, que admitiu ter visto Bruno no dia do desaparecimento, e de testemunhas oculares que viram sua lancha atrás do indigenista e do jornalista.

Outro depoimento que reforça as suspeitas da Polícia Federal é o do procurador jurídico da Univaja, Eliésio Marubo, que afirma ter recebido de Bruno uma mensagem na qual temia por sua vida e que a reunião marcada com “Churrasco”— líder comunitário e tio de Pelado — poderia “dar em algum problema”.

Fonte: UOL

COMENTE ABAIXO:

Últimas Notícias

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.

ENVIAR MENSAGEM
Estamos Online!
Olá
Podemos Ajudar?