BRASÍLIA

SAÚDE

Covid-19: Brasil registra 2.494 mortes e mais de 76 mil novos casos em 24 horas

O número total de casos de Covid-19 no Brasil chega a 15.359.397, com a triste marca de 428.034 óbitos pela doença. Em apenas 24 horas, o Brasil registrou 2.494 mortes e 76.692 novos casos. Os dados foram compilados ao final do dia 12 de maio pelo Ministério da Saúde, com informações fornecidas pelas secretarias estaduais de Saúde.

Entre o total de casos, 13.924.217 pessoas já se recuperaram e 1.007.146 estão em acompanhamento.

Covid-19: entenda a importância da segunda dose da vacina

Ministério da Saúde lança Campanha de Conscientização sobre Medidas Preventivas e Vacinação contra a Covid-19

São Paulo segue na frente com o maior número de óbitos entre os estados (102.356), seguido por Rio de Janeiro (47.052), Minas Gerais (36.495) e Rio Grande do Sul (26.318). Em número de casos, São Paulo também lidera (3.038.240), seguido por Minas Gerais (1.433.481), Rio Grande do Sul (1.018.592) e Paraná (997.645).

Os dados são atualizados diariamente na plataforma Localiza SUS.

Fonte: Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Preconceito afeta renda de pessoas soropositvas, diz Unaids

SAÚDE

DF registra aumento de 46% nos óbitos por Covid-19 no mês de maio

Publicados

em

Por

O Distrito Federal registrou crescimento de mortes por Covid-19 em comparação ao mesmo mês do ano passado. Mesmo com um número expressivo de mortes desde o início da pandemia, o mês de maio mostrou que a doença ainda está longe de ser controlada.

Se comparados com a média de óbitos causados pelo novo coronavírus desde a chegada da doença na capital federal, o mês que se encerrou registrou aumento de 46% no número de falecimentos, atingindo a marca de 735 mortes, frente a uma média de 502.

Especialistas avaliam a constitucionalidade da importação das vacinas Sputnik V e Covaxin

Com a pandemia, queimaduras causadas por álcool registram aumento de 40% em unidade de tratamento do Hospital João XXIII

Os números de maio são melhores quando comparados com os de março e abril deste ano, os piores meses da pandemia no Distrito Federal, auge da segunda onda da doença que lotou UTIs de hospitais em todo o território nacional. Na comparação com março, maio aponta queda de 37% no número de óbitos, enquanto na comparação com abril a redução foi de 48%. 

Leia Também:  Policiais civis, militares e outras categorias poderão aderir a plano de saúde do GDF

Os dados constam no Portal da Transparência do Registro Civil, base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do País, e podem ainda sofrer mudanças, uma vez que o prazo legal para envio de óbitos à plataforma nacional pode chegar a até 12 dias do falecimento.

Brasil 61

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA