BRASÍLIA

SAÚDE

Covid: GDF prevê chegada de 10 mil doses de vacina até quarta (7/4)

Publicados

em

Secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, disse que o Ministério da Saúde não informou se os imunizantes serão destinados para 1ª ou 2ª dose

Gustavo Moreno/Especial para o Metrópoles

O secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, afirmou nesta segunda-feira (5/4) que há a previsão de chegada de mais 10 mil doses de imunizantes contra a Covid-19 no Distrito Federal. A declaração ocorreu durante uma coletiva de imprensa realizada no Palácio do Buriti.

De acordo com o titular da pasta, ainda não se sabe qual será o tipo de imunizante e tampouco se será para a primeira aplicação ou segunda. Caso sejam para a chamada D1, primeira dose, as vacinas serão direcionadas às pessoas de 66 anos. A campanha da imunização destinada a essa faixa etária começou no último sábado (3/4).

“A prioridade sempre é o cronograma pela idade. Por conta disso, chegando as doses, a prioridade vai ser o critério da faixa etária. Para que a gente possa ampliar e reduzir a idade, é necessário que tenhamos novas doses para a continuidade da vacinação. Como não sabemos se essa remessa será D1 ou D2, aguardamos a orientação do Ministério da Saúde”, destacou Gustavo Rocha.

Também presente na coletiva, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, ressaltou que o grupo de 66 anos é estimado em 18 mil pessoas. “Começamos vacinando com 66, que eram 18 mil. Como já vacinamos 3 mil, ainda faltam 15 mil a serem vacinados”, afirmou.

Semana passada, o Distrito Federal recebeu 116 mil unidades de vacinas. Grande parte da remessa, entretanto, foi destinada à segunda dose.

Leia Também:  Anvisa e Conass se reúnem sobre andamento de registro de vacinas

Além das pessoas com 66 anos, foi iniciada a vacinação das forças de segurança.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Vacinados contra a covid-19 no Brasil chegam a 23,8 milhões, 11,26% da população

Publicados

em

Nas últimas 24 horas, 561.543 pessoas receberam a vacina, de acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa junto a secretarias de 23 Estados e Distrito Federal

Foto: Agência Brasil

Entre os mais de 23 milhões de vacinados, 7.391.544 receberam a segunda dose, o que representa 3,49% da população com a vacinação completa contra o novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, 339.142 pessoas receberam essa dose de reforço. Somando as vacinas de primeira e segunda dose aplicadas, o Brasil aplicou 900.685 imunizantes nesta segunda.

Em termos proporcionais, o Rio Grande do Sul é o Estado que mais vacinou sua população até aqui: 15,06% dos habitantes receberam ao menos a primeira dose. A porcentagem mais baixa é encontrada no Amapá, onde 6,78% receberam a vacina. Em números absolutos, o maior número de vacinados com a primeira dose está em São Paulo (5,58 milhões), seguido por Minas Gerais (2,31 milhões) e Bahia (1,94 milhão).

Leia Também:  Brasil tem 7,26 milhões de casos de covid-19 e 187,2 mil mortes

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA