BRASÍLIA

SAÚDE

Estado de SP fica na Fase Amarela até a próxima quinta-feira

Publicados

em


A maior parte do estado de São Paulo voltou hoje (28) a Fase Amarela de combate a pandemia de covid-19. Já os 45 municípios da região de Presidente Prudente permanecerão na Fase Vermelha, a mais restritiva, até, pelo menos, o próximo dia 7 de janeiro, quando haverá nova avaliação.

Todo o estado de São Paulo ficou, temporariamente, na Fase Vermelha nos últimos dias 25, 26, e 27, e voltará a fase mais restritiva nos dias 1º, 2 e 3 de janeiro. Na Fase Vermelha, o atendimento presencial fica proibido em shoppings, lojas, concessionárias, escritórios, bares, restaurantes, academias, salões de beleza e estabelecimentos de eventos culturais. Farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, lavanderias e serviços de hotelaria estão liberados.

Na madrugada de ontem (27), a Vigilância Sanitária do estado flagrou uma festa no município de Americana, que reunia cerca de 250 pessoas. Além da falta de distanciamento social, consumidores estavam sem máscara de proteção facial mesmo sem estar consumindo bebidas e alimentos.

Segundo a Vigilância Sanitária, os responsáveis pela organização da festa foram autuados com base no Código Sanitário, que prevê multa de até R$ 276 mil. Pela aglomeração de pessoas e a falta do uso de máscara, a multa foi de R$ 5 mil.

Leia Também:  Mais de 15 mil médicos participam do Revalida hoje 

Dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde mostram o aumento dos casos e mortes por coronavírus. Balanço divulgado ontem mostra que o número de novos casos de covid-19 registrados nos últimos 31 dias superou em 52% o total de confirmados nos 100 primeiros dias da pandemia. 

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Além do ânus, veja outras regiões do corpo pouco seguras para tatuar

Publicados

em

A cantora Anitta viralizou na web após decidir tatuar uma região inusitada, com riscos de infecção. Especialista alerta sobre cuidados

Reprodução/Instagram

Na última semana, a cantora Anitta causou frisson na web ao anunciar uma tatuagem em uma região bastante incomum: o ânus. O fato acendeu um sinal de alerta para os dermatologistas, que avisaram sobre os riscos de infecções em locais inapropriados para o desenho.

Para esclarecer sobre o assunto, o Metrópoles convocou a dermatologista Natália Souza Medeiros, do hospital Santa Lúcia e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

“São locais em que naturalmente temos uma colonização de bactérias, e a tatuagem pode atuar como facilitadora para que esse agente entre no nosso organismo e cause algum tipo de infecção”, explica.

Segundo a médica, se o procedimento foi realizado em regiões da pele em que já existe uma colonização de bactérias, apesar de todos os cuidados de limpeza, ainda existe o risco de penetração de agentes infecciosos. Com isso, é possível que se desenvolva um processo de adoecimento que, se não tratado, pode evoluir para quadros graves, incluindo infecção generalizada.

Do ponto de vista estético, a sugestão da profissional é que o paciente não escolha áreas com flacidez, para não se frustrar com relação ao resultado do desenho. “A minha recomendação é fazer em áreas que não sejam de mucosa, por motivos de saúde, e locais que não apresentam excesso de pele nem são propensas a isso no futuro”, aconselha.

Além das preocupações com a região tatuada, o processo exige cautela com o procedimento e a cicatrização da pele. É também essencial garantir que o profissional está realizando o procedimento em um local com as condições de higiene recomendadas, além de utilizar material descartável.

Leia Também:  Coronavírus: A mistura de máscaras que pode bloquear 92% de partículas, segundo órgão americano

E, como quem tem tatuagem sabe, as preocupações não terminam ao deixar a mesa do tatuador. Uma cicatrização bem feita é uma etapa fundamental e exige muitos cuidados, desde evitar exposição solar a não irritar a região, mesmo que a coceira fale mais alto.

Fonte: Metropoles
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA