BRASÍLIA

SAÚDE

Pfizer antecipada entrega de 1,2 milhão de doses neste domingo

Publicados

em

Vacina da Pfizer destina ao público infantil para combater Covid-19. Foto: Myke Sena/MS

As vacinas são específicas para uso no público infantil de 5 a 11 anos

Nesta quinta-feira (13), o Brasil recebeu o primeiro lote de vacinas destinas ao público de 5 a 11 anos. A remessa também continha 1,2 milhão de doses.

A antecipação da segunda entrega foi requerida pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que afirmou que dependia da farmacêutica para que as doses fossem mandadas antes ao país.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Judiciário debate ações de enfrentamento à pandemia

SAÚDE

DF inicia vacinação infantil contra a Covid-19 nesta manhã

Publicados

em

Por

Vacina da Pfizer contra covid-19 para crianças. Foto: Divulgação Pfizer

Onze Unidades Básicas de Saúde iniciam a imunização pediátrica

O Distrito Federal inicia a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 na manhã deste domingo (16). A imunização pediátrica será realizada em 11 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h.

A capital brasiliense recebeu 16,3 mil doses do imunizante Pfizer destinado exclusivamente às crianças na última sexta-feira (14). Do total, a Secretaria de Saúde já distribuiu aos pontos de vacinação 10 mil doses na manhã de ontem (15).

A aplicação das vacinas será dividida em três grupos, havendo um profissional para manejar cada um deles. A separação ocorre em função da condição clínica das crianças, sendo o primeiro grupo de crianças com comorbidades, o segundo de crianças com deficiências permanentes e o terceiro para crianças sem comorbidades.

As UBS que iniciam a vacinação infantil hoje são:

  • UBS 2 Brazlândia;
  • UBS 17 Ceilândia;
  • UBS 1 Cruzeiro;
  • UBS 1 Guará;
  • UBS 1 Lago Norte;
  • UBS 1 Paranoá;
  • UBS 20 Planaltina;
  • UBS 12 Samambaia;
  • UBS 1 Santa Maria;
  • UBS 2 Sobradinho II;
  • UBS 5 Taguatinga
Leia Também:  Judiciário debate ações de enfrentamento à pandemia

As crianças deverão estar acompanhadas do pai ou responsável, portando documento de identidade e/ou a caderneta de vacinação. Crianças com comorbidades ou deficiência permanente deverão ter laudo médico que comprove a condição clínica.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.