BRASÍLIA

SAÚDE

Ritmo de vacinação no Brasil é o 3º melhor do mundo, atrás apenas dos EUA e da China

Publicados

em

Brasil levou 27 dias para vacinar 4,5 milhões de pessoas, Reino Unido 41 e a poderosa Alemanha ainda não atingiu 4 milhões de vacinados

O Brasil é exemplo mundial de vacinação em massa há décadas e não seria diferente com a covid.

Apesar da escassez, o ritmo da vacinação no País é o terceiro melhor do mundo, atrás apenas dos EUA, por pouco, e da China.

Enquanto o Brasil chegou aos 4,5 milhões de vacinados em 27 dias, os EUA levaram 21 dias para atingir a mesma marca.

Na China, segundo o site Our World in Data, foram pouco mais de duas semanas. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

No Reino Unido, primeira nação do ocidente a iniciar a vacinação contra covid, a marca de 4,5 milhões de imunizados foi atingida após 41 dias.

Rica e territorialmente pequena, Israel levou 41 dias para vacinar 4,5 milhões de habitantes. O país já vacinou mais da metade da população.

Em menos de um mês de vacinação, o Brasil já é o sexto país com mais habitantes imunizados, atrás de EUA, China, Reino Unido, Índia e Israel.

Leia Também:  Governo entrega ao STF plano nacional de vacinação contra a covid-19

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SAÚDE

Brasil já é o 5º país que mais vacinou contra o coronavírus no mundo

Publicados

em

Brasil aplicou cerca de 8 milhões de doses e a expectativa é ultrapassar a marca de 10 milhões de ainda na semana que vem

A chegada e distribuição de 2 milhões de vacinas da Índia somadas às primeiras 3,8 milhões de doses produzidas no Butantan levaram o Brasil ao posto de 5º país que mais vacinou sua população no planeta, segundo levantamento da prestigiada plataforma Our World in Data.

O Brasil aplicou cerca de 8 milhões de doses e a expectativa é ultrapassar a marca de 10 milhões de vacinados na semana que vem, superando inclusive o total de casos confirmados de Covid-19 no país, até agora. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ao contrário de outros países, o Brasil decidiu manter reserva para garantir a segunda dose para aqueles que já receberam a primeira.

Essa estratégia refuta os negativistas que difundem fake news do tipo “acabaram as vacinas”. Ao contrário.

Os estados utilizaram apenas metade das doses enviadas pelo governo. Com a nova remessa, a taxa diária de 250 mil vacinados deve disparar.

Leia Também:  Coletivos cobram medidas de proteção contra covid-19 nas favelas do RJ

Fonte: Diário do Poder

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

DISTRITO FEDERAL

FALA BOLSONARO

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA