BRASÍLIA

SAÚDE

Vacinação de crianças contra a covid deve começar dia 14 de janeiro

Publicados

em

Foto: Reprodução

Apenas no primeiro trimestre deste ano, o país deve receber cerca de 20 milhões de vacinas da Pfizer

Com a previsão da chegada das primeiras 1.248 milhão doses para imunização de crianças de 5 a 11 anos para o dia 13 de janeiro, o Ministério da Saúde tem a expectativa de começar a vacinar o grupo já no dia 14. A informação foi divulgada durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (05), onde o as crianças foram oficialmente incluídas no plano de vacinação.

“A expectativa é que o voo chegue no dia 13, em Vira Copos. E, tendo como experiência as doses adultas, onde em 24 horas elas estão liberadas para envio aos estados e municípios, temos a expectativa de a imunização já comece no dia 14 ou 15 da janeiro. São Paulo, por exemplo, onde as doses chegariam, pode começar a vacinar no próprio dia 14”, informou a pasta.

Apenas no primeiro trimestre deste ano, o país deve receber cerca de 20 milhões de vacinas da Pfizer, a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunizar o grupo. “A previsão é que essas [20 milhões de] unidades sejam entregues no primeiro trimestre deste ano. Até o fim de janeiro, a estimativa é que 3,7 milhões de doses cheguem ao pais”, diz o material divulgado.

Leia Também:  Dose de reforço passa a ser aplicada seis meses após a segunda dose

As primeiras 3,7 milhões de doses devem chegar em três voos diferentes, sendo um por semana. O cronograma previsto é o seguinte:

  • 13 de janeiro: primeiro voo com 1,248 milhão de doses;
  • 20 de janeiro: segundo voo com 1,248 milhão de doses;
  • 27 de janeiro: terceiro voo com 1,248 milhão de doses.

Intervalos

Durante fala do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que o intervalo entre as doses do imunizante será de oito semanas, ou seja, dois meses. A decisão da pasta contraria a orientação que segue na bula da vacina da Pfizer, a única autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunizar o grupo, que sugere um intervalo de apenas três semanas.

A a secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid, Rosana Leite de Melo, justifica a mudança como uma forma de aumentar a produção de anticorpos nesse período e evitar casos adversos e reações a vacina nas crianças.

“Todos sabem que os estudos demonstraram, principalmente em adultos, que em intervalo maior de três semanas há uma maior produção dos anticorpos neutralizantes. Ou seja, nós temos um benefício maior. E se nós não estamos em um cenário epidemiológico onde haja uma necessidade premente de se completar o esquema vacinal primário, é muito melhor para qualquer indivíduo que esse intervalo se amplie”, disse.

Leia Também:  Mais de 43 mil quilombolas da região de Cametá (PA) estão se vacinando contra a Covid-19

Vale lembrar que a dose oferecida para o grupo é ajustada e um terço menor que aquela aplicada em maiores de 12 anos. Segundo a Anvisa, para melhor indicação, os frascos dos dois imunizantes serão diferentes.

Fonte: Jornal de Brasilia

COMENTE ABAIXO:

SAÚDE

DF inicia vacinação infantil contra a Covid-19 nesta manhã

Publicados

em

Por

Vacina da Pfizer contra covid-19 para crianças. Foto: Divulgação Pfizer

Onze Unidades Básicas de Saúde iniciam a imunização pediátrica

O Distrito Federal inicia a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19 na manhã deste domingo (16). A imunização pediátrica será realizada em 11 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 17h.

A capital brasiliense recebeu 16,3 mil doses do imunizante Pfizer destinado exclusivamente às crianças na última sexta-feira (14). Do total, a Secretaria de Saúde já distribuiu aos pontos de vacinação 10 mil doses na manhã de ontem (15).

A aplicação das vacinas será dividida em três grupos, havendo um profissional para manejar cada um deles. A separação ocorre em função da condição clínica das crianças, sendo o primeiro grupo de crianças com comorbidades, o segundo de crianças com deficiências permanentes e o terceiro para crianças sem comorbidades.

As UBS que iniciam a vacinação infantil hoje são:

  • UBS 2 Brazlândia;
  • UBS 17 Ceilândia;
  • UBS 1 Cruzeiro;
  • UBS 1 Guará;
  • UBS 1 Lago Norte;
  • UBS 1 Paranoá;
  • UBS 20 Planaltina;
  • UBS 12 Samambaia;
  • UBS 1 Santa Maria;
  • UBS 2 Sobradinho II;
  • UBS 5 Taguatinga
Leia Também:  Um novo passo para construir o Complexo Hospitalar Centro-Sul

As crianças deverão estar acompanhadas do pai ou responsável, portando documento de identidade e/ou a caderneta de vacinação. Crianças com comorbidades ou deficiência permanente deverão ter laudo médico que comprove a condição clínica.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

Nos siga no Facebook

DISTRITO FEDERAL

ECONOMIA

ENTRETENIMENTO

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA

Gostou da notícia? Quer mais?

Nos Siga no Facebook 

para mais Notícias

Gostou da notícia? Nos Siga para Mais.